terça-feira, 17 de abril de 2012

Pense nisso...

Pense nisso...


 “... um homem sempre colherá justamente o produto da semente que plantou!" 
Gálatas 6:7 b 

Você quer ser ajudado?
Ajude alguém primeiro.
Você quer ver alguém transformado?
Deixe o Espírito Santo transformar você primeiro!
Escolha a semente correta, plante bem e colha melhor ainda!!!




A colheita da vida



Somos agricultores da vida, a princípio vemos a imensidão da terra que temos que cuidar, 
ficamos olhando e sentindo o quanto teremos que trabalhar diante desta terra.
Muitos de nós não queremos o trabalho de sol a sol, então nos contentamos em apenas 
jogar algumas sementes ao solo e deixa-las lá.
E desta forma achamos que mais tarde poderemos voltar 
e fazer uma colheita com muitos frutos.
Mas quando voltarmos para nossa colheita, seremos surpreendidos pelo solo seco 
e sem nenhum fruto a ser colhido, porque não fizemos o nosso trabalho 
como deveríamos ter feito.
Por isso, diante do solo e da responsabilidade de cultivarmos este solo, 
devemos ter a capacidade de semear e cuidar da nossa lavoura, porque desta forma 
quando voltarmos para a colheita poderemos vivenciar a benção de ter feito 
o nosso trabalho como agricultores responsáveis que devemos ser.
Encontraremos frutos sólidos e fortalecidos, porque fizemos com responsabilidade 
a nossa parte no solo da vida; e assim a colheita que teremos nos dará novas sementes 
para podermos cultivar e cuidar, para que novos frutos possam ser colhidos 
e distribuídos mais adiante.
Faça o cultivo de sua vida com responsabilidade e dedicação, para que quando 
voltares para a colheita não seja surpreendido pelo solo infértil e doente pela 
falta de responsabilidade pelo trabalho da vida. 

fonte






Lindo final de tarde...


Beijos meus cheios de, luz, paz, amor, fé e esperança no Cristo ressuscitado! 

Um comentário:

  1. Querida belo texto.Bela lição de vida!
    Que a nossa colheita seja farta, mas que nossas sementes sejam o produto de uma vida solidária e generosa.
    Bjs no coração. Eloah

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails