quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

"Os nossos eus" Virginia Woolf




"A vida não é uma série de lanternas organizadas de modo simétrico; a vida é um halo luminoso, um envoltório semi-transparente que nos cerca do começo da consciência até o fim". Virginia Woolf


Os Nossos Eus

Esses eus de que somos feitos, sobrepostos como pratos empilhados nas mãos de um empregado de mesa, têm outros vínculos, outras simpatias, pequenas constituições e direitos próprios - chamem-lhes o que quiserem (e muitas destas coisas nem sequer têm nome) - de modo que um deles só comparece se chover, outro só numa sala de cortinados verdes, outro se Mrs. Jones não estiver presente, outro ainda se se lhe prometer um copo de vinho - e assim por diante; pois cada indivíduo poderá multiplicar, a partir da sua experiência pessoal, os diversos compromissos que os seus diversos eus estabelecerem consigo - e alguns são demasiado absurdos e ridículos para figurarem numa obra impressa.

Virginia Woolf, in "Orlando"













beijos meus, cheios de
luz, paz, amor, fé e esperança!





 

Um comentário:


  1. E mesmo mas hoje em dia quem nao se multiplica fica para tras.
    Eu se estivesse trabalhando estaria morta de canseira de tantas multiplas funçoes o trabalho nos requer.
    com amizade Monica

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails