quarta-feira, 10 de setembro de 2008

- Mais valiosa que um diamante -

Mais valiosa do que um diamante
Por: Rosario Alfaro Martínez
A palavra de Deus diz que UMA MULHER COMPLETA é mais valiosa do que as pedras preciosas (Cfr. Provérbios, 31, 10).



Se considerarmos que a pedra mais valiosa é o diamante, então poderemos pensar que seu valor ultrapassa ao do diamante. Dito desta maneira, até parece lógico porque qualquer pessoa é mais valiosa do que uma pedra, por mais valiosa que esta pedra for; mas, vejamos o que realmente a palavra de Deus quis dizer quando mencionou que a mulher completa era mais valiosa do que as pedras preciosas. Para isto, temos que aprender um pouco sobre a natureza dos diamantes.




O VALOR DE UM DIAMANTE E OS TIPOS DE MULHER




Não há dúvida de que um diamante é uma pedra muito valiosa, pela qual têm sido disputadas batalhas, provocado invejas e perdido vidas. Parece inacreditável que esta pedra possa valer tanto quando sua origem é tão “humilde” como um carvão, de fato, os diamantes são carbonos cristalizados.

Mas surpreendente é pensar que, enquanto a grafita que é quimicamente igual ao diamante é um mineral “mole”, o diamante é o mineral mais duro que se conhece. Por isso, ele recebe este nome: diamante provém da palavra grega “adamas” que significa “invencível”, pela dureza do mineral.

Nós, as mulheres, também somos assim. Existe um tipo de mulher “grafita” e outro “diamante”:

• Mulher-grafita: parece débil, quebradiça, tão sensível que não aprendeu a viver sua vida por ela mesma e precisa responsabilizar alguém mais de sua existência.

Considera que deve procurar proteção e tem um profundo desejo de ser cuidada, não deseja aceitar a realidade que lhe diz que somente ela é responsável pela sua vida. É modelo de sacrifício e passividade, considera que a feminilidade está em mostrar fraqueza e sensibilidade à flor da pele. Vive cuidando seu físico, pois considera que somente pode ser aceita por sua aparência e, sobretudo, procura sempre estar sob a proteção masculina. No entanto, é feita do mesmo material que a mulher diamante, tem todo o potencial para poder mudar.

• Mulher-diamante: tem maior responsabilidade consigo mesma, deixando de esperar que outros dirijam sua vida. Tem contato com seu corpo e suas emoções, mas não vive acorrentada somente às suas funções biológicas, justamente porque as conhece, pode ver suas possibilidades e limites; sabe que pode amar e ser amada, e não deseja ser considerada como um objeto erótico do homem, deixa de ocupar o papel de vítima, tolerante de todo sacrifício, jamais deixa que a pisem ou lhe faltem o respeito, ao contrário, conhece sua dignidade e tem uma alta auto-estima.

Continuando com os diamantes, eles geralmente têm forma cúbica ou romboidal, mas podem adotar variadas formas, como cubos. Não é raro encontrar cristais arredondados, torcidos ou enroscados. Têm uma ampla gama de transparências e cores; as melhores gemas são transparentes, mas também existem os brancos, que são muito apreciados. No entanto, se apresenta um matiz amarelo ou castanho, isto é considerado um defeito. Os diamantes castanhos são comuns, os verdes e azuis são raros; os vermelhos são os mais inusitados. A cor dos diamantes deve-se à presença de impurezas de elementos diferentes do carbono, por isso o mais transparente é mais valioso porque não apresenta impurezas. Os diamantes têm um índice de refração tão alto que dão todos os matizes do arco-íris. No entanto, alguns – por estar manchados de cinza ou negro – não servem como pedras preciosas, mas são utilizados na indústria, sobretudo na extração de poços petrolíferos.

A mulher diamante também tem esta variedades, pode ser encontrada em forma bruta, sem nenhum brilho, e até lhe poderíamos colocar um letreiro dizendo: “Mulher diamante em construção, Deus continua trabalhando comigo, desculpe os inconvenientes que isto pode provocar”; já que os diamantes – quando ainda não foram lapidados – têm uma aparência opaca. Sabemos que, em geral, as mulheres têm múltiplas facetas, por isso é importante dar-se conta que em alguns momentos somos de um tipo e, em outros, apresentamos características de outro tipo (o ideal seria ter um pouco de tudo ou ser evidentemente a mulher diamante transparente):

• Mulher-diamante manchado de preto ou cinza: o diamante manchado é usado pela indústria e se chama “ballas”, é de forma semi-esférica e superfície granulada. Por sua extrema dureza, é impossível lapidá-los, por isso geralmente são usados para a extração de poços petrolíferos ou para partir outras rochas. O mesmo acontece com a mulher-diamante manchado, ela é a mulher mais forte, dá a impressão de ser tão áspera que é impossível parti-la, é dura em seus julgamentos e em sua visão das coisas, embora isto não seja sempre negativo, ao contrário, já que – quando enfrenta um problema grave – uma mulher-diamante manchado pode ter uma força inquebrantável que a faz prosseguir e superar as barreiras, independentemente das surpresas que a vida possa lhe dar.

• Mulher-diamante vermelho: estes diamantes são muito raros, assim como as mulheres diamante-vermelho, que podem ser as mais apaixonadas pela vida, têm uma vitalidade tal que as fazem ser muito trabalhadoras e empreendedoras. Aqui encontramos as mulheres de negócios ou as que têm sucesso na vida profissional, são líderes inatos, embora também às vezes podem parecer frias e calculadoras ou parecer que estão zangadas, devido a seu temperamento forte. O que acontece é que muitas delas temem ser magoadas por sua grande capacidade de entrega. Muitas dão a impressão de serem inconquistáveis, embora – no fundo – têm uma grande sensibilidade e necessidade de ternura e carinho.

• Mulher-diamante castanho: este tipo de diamante é o mais comum, assim como a mulher-diamante castanho. Este tipo de mulher tem um toque de amarelo, isto é, geralmente o amarelo é uma cor comparada com a inveja, os ciúmes, egoísmo, ódio, adolescência, em sua parte sombria ou negativa. A mulher- diamante amarelo é assim, ainda apresenta traços de insegurança que a fazem ser ciumenta, invejosa, egoísta e também negar-se a deixar a adolescência, seja por medo ou por estar placidamente acomodada nesta etapa da vida. No entanto, também o amarelo representa alegria, luz, vitalidade e prazer, portanto também é preciso que dentro de cada mulher exista uma mulher-diamante castanho que a ajude a desfrutar a vida com a mesma energia de uma criança.

• Mulher-diamante verde: os diamantes verdes são muito raros, porque é muito difícil encontrá-los. São realmente escassos, com a mulher-diamante verde, já que o verde sempre significou esperança, por isso este tipo de mulher é aquela que pode dar esperança a qualquer pessoa, sem importar o tipo de problema em que esteja envolvido. Elas são capazes de escutar e são boas conselheiras, embora talvez tenham o problema de gostar muito de resolver os problemas dos outros, isto pode ter duas conseqüências: uma delas é que às vezes é mais fácil resolver as dificuldades dos outros do que as próprias; outra é que muita gente não gosta de receber sua ajuda. No entanto, o aspecto mais positivo é que são as mulheres que mais facilmente encontram o equilíbrio.

• Mulher-diamante azul: os diamantes azuis são também tão raros quanto os verdes, e são inclusive mais valiosos. Da mesma forma, as mulheres-diamante azul são mais raras de encontrar. O azul significa harmonia, paz, amor, afeto, confiança, fidelidade e ser reservada. Este é um tipo de mulher que pode mostrar todos estes atributos, talvez um mais que o outro, mas – em geral – as mulheres diamante azul são aquelas com as quais todo mundo deseja conversar e contar seus segredos, são as amigas que oferecem o ombro para você chorar e que podem aconselhar sabiamente, as que são fiéis em qualquer circunstância. A única pequena desvantagem é que, às vezes, é difícil para elas encontrar alguém que as saiba escutar e compreender, estão tão acostumadas a dar que, em geral, para elas se torna difícil receber.

• Mulher-diamante branco: este tipo de diamante é muito valioso porque embora não seja transparente, é o que mais pode se aproximar a sê-lo, além disso, a luz que emite em reflexos é a que mais parece com a luz do diamante transparente, ainda que não possa ser considerado um diamante transparente e é menos valioso do que este. As mulheres diamante branco são assim, têm como vantagem esse toque de inocência e pureza (como o diamante transparente), mas talvez com elas aconteçam duas coisas: são tão ingênuas que é fácil abusar delas, ou, pelo contrário, existe algo escondido em seu interior que não lhes permite transparecer toda a luz que têm dentro.

• Mulher-diamante transparente: este é o diamante mais valioso porque pode refletir todas as cores do arco-íris, tem uma transparência tal que qualquer raio de luz pode fazê-lo brilhar de uma maneira inacreditável. A mulher-diamante transparente é assim, digamos que é a mais integral de todas, pode – em alguns momentos – ter uma cor ou outra, tirando assim o melhor de cada uma das personalidades das mulheres-diamante, sabendo lidar com suas emoções e sentimentos, além de mostrá-los livremente, mas – ao mesmo tempo – tem a sabedoria necessária para encontrar o momento adequado para fazê-lo. Ser uma mulher-diamante transparente é o que há de mais próximo a uma mulher completa.

Que tipo de mulher é você? Já se encontrou em alguma delas? Talvez mais de uma, e isso está bem porque, como disse Jung, em questões de personalidade “todos somos tudo”, além disso é importante considerar que algumas mulheres-diamante ainda não possuem o “corte” adequado, já que estão justamente no processo de polimento e lapidação e, portanto, ainda não é possível apreciar todas suas qualidades, como acontece com um diamante real. A chave para chegar a esta plenitude é o auto-conhecimento, para poder ir avançando no desenvolvimento pessoal e conseguir chegar assim à maturidade que torna a MULHER COMPLETA, segundo a Palavra de Deus. Não se trata somente de atingir determinado grau de maturidade, mas de um processo constante de superação, crescimento e sobretudo é reconhecer o GRANDE VALOR que, como mulheres, temos.

O mais importante é reconhecer que não basta ser uma mulher-diamante transparente, mas procurar ser a MULHER COMPLETA, aquela que se deixou moldar pela melhor ROCHA que existe, pela PEDRA que os construtores rejeitaram e que se transformou em PEDRA ANGULAR (Cfr. Mateus 21, 42), ou seja, a MULHER COMPLETA é aquela que se abriu à graça de viver no coração de Jesus, que se deixa moldar por Ele e que deseja fazer Sua vontade, porque se encontrou com o único que nenhuma pedra pôde deter. Não o detiveram as pedras que os escribas e fariseus queriam lançar sobre a adúltera (Cfr. João 8, 1-11), também não se deteve quando os judeus queriam apedrejá-lo porque defendia para Ele e para nós a dignidade de filhos de Deus (Cfr. João 10, 22-39), não o deteve uma pedra, quando devolveu à vida seu amigo Lázaro (Cfr. João 11, 1-43) e, por último, não se deteve quando realizou a façanha que ninguém nunca conseguiu fazer: derrotar a morte e mover a pedra de seu próprio sepulcro (Cfr. Lucas 24, 1-8).



Podemos dizer que a MULHER COMPLETA é aquela que tem as características da mulher-diamante transparente e, além disso, assim como Maria Madalena, tem um encontro com JESUS RESSUSCITADO (João 20, 11-18). Um encontro com Aquele que, com muito carinho, chamava sua mãe de MULHER (João, 19, 26), porque sabia que Ela, Maria, era nosso melhor modelo de MULHER COMPLETA. Por esta razão Ela é mais valiosa do que um diamante, porque tem sua vida construída sobre a ROCHA FIRME QUE É JESUS CRISTO.






3 comentários:

  1. Rô, acho que tenho um pouquinho de cada mulher que descreveu. Difícil definir um só tipo, porque estamos em constante mutação. Eu não sou a mesma mulher de 5 minutos atrás, mas com certeza, a essência que Deus nos deu, a nossa alma, tanto homem quanto mulher, não existe preço! Beijus

    ResponderExcluir
  2. Que lindo texto!
    Vó, eu confesso que sou uma boa mistura de todos esses diamantes... mas me identifiquei mais com o verde e o azul. É meu lado "psicóloga" (que eu acho que tenho), tb meu lado Amélie (se a vó assistiu o filme, vai entender) que me empulsiona a resolver a vida dos outros e prestar pouca atenção na minha própria... Mas estou tentando mudar isso...

    É tão bom lembrar dos exemplos de grandes mulheres e tentar focar neles, pra melhorar sempre. Maria, com certeza, é um grande exemplo pra mim, desde pequena que tenho um carinho todo especial por Nossa Senhora. Um dos grandes motivos pelo qual ainda vou às missas e não penso em deixar a Igreja é ela... Tenho medo de perder esse carinho que sinto se me afastar demais. E aquela grande máxima católica, que pela mãe chegamos ao filho, é mesmo verdadeira comigo. =)

    beijos, vó! Bom restinho de semana.

    ResponderExcluir
  3. Oi meu amor...mil desculpas por n vim aki. qto tempo n eh?

    estou tao atarefada... é blog, é trabalho, agora tem minha casinha pra cuidar, cuidar de mim, fazer minha comida, lavar minha roupa, namorar... tanta coisa neh?


    estou tentando me organizar para pelo menos preparar um niver decente pro meu MUNDO AFORA

    pxm terça faço 30 aninhos >.<
    e na outra semana o blog faz 1

    tenho q correr com os preparativos

    espero q entenda..sinto falta na DU, do nando, da nana, do amigão, da agda + to mesmo sem tempo

    amo todos (n entendo bem desses sentimentos virtuais) mas eh o q sinto...
    fica com Deus!

    bjo grande!

    se poder deixa um beijo pra esse povo, pra lorena e pra luna tbm...devem ter esquecido de mim já

    té +

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails