quinta-feira, 12 de julho de 2012

PENSATAS DO BLOG MARGÔ DE CHAPÉU








Um blog que eu sigo com carinho amo as postagem dessa pessoa maravilhosa e encantadora confira você vai amar....


Do Blog Margô de Chapéu
Minha foto 

Niterói, RJ, Brazil
Uma alma a procura dos mistérios da vida terrena.


Max Ehrmannn






"(...)Siga tranqüilamente entre a inquietude e a pressa, lembrando-se de que há sempre paz no silêncio.
Tanto quanto possível sem humilhar-se, mantenha-se em harmonia com todos que o cercam.
Fale a sua verdade, clara e mansamente.
Escute a verdade dos outros, pois eles também têm a sua própria história.
Evite as pessoas agitadas e agressivas: elas afligem o nosso espírito.
Não se compare aos demais, olhando as pessoas como superiores ou inferiores a você: isso o tornaria superficial e amargo.
Viva intensamente os seus ideais e o que você já conseguiu realizar...."
 


Uma mensagem de uma querida amiga à Margô de chapéu




Descubra em você, a capacidade de reagir
de sentir o que não é palpável, sem fingir
Aprenda a ouvir a sua intuição
que está além da emoção e dos sentimentos
Tolos são os que vivem em busca de facilidades
os que aceitam a mentira e a bajulação
que não param para ouvir as críticas
Não pensam, não se conhecem e sofrem
Você pode agora
escrever uma nova história
se abandonar o medo de refletir
de tomar decisões que precisam ser tomadas
ainda que doam lá no fundo da alma
Para então, seguir viagem, com a bagagem mais leve
ainda que momentâneamente só
ainda que dolorosamente só
para lá na frente, no futuro
que só alcançam os que não desistem dos seus sonhos
descobrir que durante o período de maior solidão
você teve o maior período de reflexão
e quando se julgou perdida
foi quando verdadeiramente se encontrou
E quem se encontra, se acha para sempre
se situa na vida e no tempo
Se tornam seguros, serenos e imbatíveis
Encontre-se
é tempo de vencer.
 



Foto: margodechapeu.blogspot.com

Tempo Imediato (Jairo de Brito)

O Tempo é tema
ingrato, teclas de sono
sobre células ávidas:
Tapete perene
sob meus pés de sonho.
O Tempo cobre
de penas e alegrias
minhas tantas noites:
Confere novas cores
a meus dias di-versos.
O Tempo sofre
aparas, afere augúrios,
distribui o terror inédito:
Insólito e voraz,
ele cobra meus anos.
O Tempo enorme,
às vezes cálido e audaz,
abriga amor e medo:
Descobre self, sonhos
e faces que aflito exponho.


Tempo Imediato (Jairo de Brito)

O Tempo é tema
ingrato, teclas de sono
sobre células ávidas:
Tapete perene
sob meus pés de sonho.
O Tempo cobre
de penas e alegrias
minhas tantas noites:
Confere novas cores
a meus dias di-versos.
O Tempo sofre
aparas, afere augúrios,
distribui o terror inédito:
Insólito e voraz,
ele cobra meus anos.
O Tempo enorme,
às vezes cálido e audaz,
abriga amor e medo:
Descobre self, sonhos
e faces que aflito exponho.










Beijos meus cheios de luz, paz, amor, fé e esperança!  
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails