domingo, 8 de janeiro de 2012

A Maior Parte do que Sabemos é a Menor do que Ignoramos





A Maior Parte do que Sabemos é a Menor do que Ignoramos


A maior parte do que sabemos, é a menor do que ignoramos. Não se achou varão tão perfeito no Mundo, que conhecesse o que tinha de sábio, senão sabendo o que lhe faltava para perfeito. Não se viu ninguém tanto nos últimos remates da perfeição, em quem não bruxoleassem sempre alguns desaires de humano. (...) Não necessitando de nada os grandes, só de verdades necessitam; porque, como custam caro, todo o cabedal da fortuna é preço limitado para elas; por isso nos grandes são mais avultados os erros, porque erram com grandeza e ignoram com presunção. Mais gravemente enferma o que logra melhor disposição, que o que nunca deixou de ter achaques: e a razão é porque a enfermidade que pôde vencer disposição tão boa, teve muito de poderosa; ignorância a que não alumiou o discurso mais desperto, tirou as esperanças ao remédio.

Padre António Vieira, in "As Sete Propriedades da Alma"
fone aqui


Beijos meus, cheios de
luz, paz, amor, fé e esperança!






2 comentários:

  1. Querida que beleza de post!Pe. Antonio Vieira é uma preciosidade.Quanta verdade na frase "A Maior Parte do que Sabemos é a Menor do que Ignoramos".Parabéns.Amei!
    Tenha uma semana iluminada.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida Rô
    Não é à toa que se diz que o Reino de Deus é dos pequenos...
    Bjm de paz e alegria

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails