terça-feira, 27 de julho de 2010

"REGRINHAS BOAS PARA SE TER UM RELACIONAMENTO DURADOURO"

Rela duradouro


Li e gostei tomei a liberdade de compartilhar com você.
Veja que dicas ótimas para cultivar ainda mais nosso relacionamentos com maridos de longos relacionamentos como o meu. é sempre estar esperta e por dentro.

Veja que legal essas dicas do POR VITAL::..
   

Por que depois de alguns anos muitos casamentos podem “perder a graça”? A terapeuta familiar Lidia Aratangy lançou um livro para tentar responder à questão. Intitulado O Anel que Tu Me Deste - O Casamento no Divã (Editora Artemeios), o livro aponta as queixas mais comuns entre os casais. Enquanto os maridos reclamam da ausência de interesse sexual e desleixo com a aparência, a lista das reclamações femininas vai da falta de atenção nas conversas à pouca colaboração nas tarefas domésticas.
A boa notícia é que é possível resgatar o lado bom do relacionamento. Para a sexóloga Regina Navarro Lins, autora de A Cama na Varanda, O Sexo no Casamento e O Livro de Ouro do Sexo, todos da Editora Best Seller, algo essencial é os parceiros respeitarem suas individualidades e terem amigos e programas separados. Confira a seguir algumas dicas preciosas para incrementar sua relação:
  1. Exponha desejos e vontades ao outro sem esperar que ela ou ele adivinhe seus pensamentos.
  2. Negocie interesses divergentes e estabeleça com clareza os próprios limites.
  3. Faça programas com amigos (de ambos, juntos ou separados) e também mantenha interesses e amizades independentes uns dos outros.
  4. Encontrem um hobby para praticar juntos, como dança de salão, atividades físicas ou um trabalho voluntário.
  5. Casais que vivem em harmonia têm em comum a admiração mútua, que permanece apesar de anos de convivência conjugal.
  6. Além de serem ousados, os cônjuges devem permitir que a renovação do relacionamento aconteça. É com abertura que surgem transformações capazes de imprimir dinamismo à relação.
  7. Transforme pensamento em ação: se você quer fazer sexo em vez de assistir à televisão, diga com jeito o que está sentindo, sem cobranças.
  8. Os homens precisam se dar conta da importância da divisão de tarefas. Estudos mostram que essa atitude está intimamente ligada à satisfação feminina no casamento.
  9. Cuidar da aparência é um bom começo para elevar a autoestima e ser valorizado pelo outro.
  10. As primeiras tentativas de mudança não são fáceis. Por isso, sempre vale insistir.
 E nos diz NORMA EMILIANO::..

Em alguns estudos sobre uniões de mais de vinte anos, encontram-se características, tais como: compromisso com a relação; respeito pelo outro; abertura mútua; valores morais fortes e compartilhados; lealdade e expectativa de reciprocidade; compromisso com a fidelidade sexual.
Muitos casamentos não sobrevivem ao momento do “ninho vazio”, o da saída e/ ou independência dos filhos, e o divórcio acontece após vinte e cinco anos ou mais de casados. São casais que ficaram muito  “pais” e esqueceram  de ser homem e mulher na relação.
As relações duradouras e estáveis favorecem aos cônjuges um refúgio em relação ao mundo de estresse e de violência em que vivemos, bem como proporcionam o equilíbrio para lidarmos com os outros sistemas sociais. Contudo, o perigo é que ocorra a acomodação e não enfrentem as mudanças necessárias.
A construção da vida a dois é um processo. È necessário ter criatividade para cada dia adicionar um ingrediente novo, dando um gostinho de quero mais. É necessário nutrir a relação, para que ela seja proveitosa para os dois, buscando encontrar equilíbrio do nós e do eu, compartilhando interesses e relacionamento afetivo-sexual. Assim sendo, nessa construção, é fundamental alimentar sempre a chama da  relação homem mulher.
Enfim, respeito, dedicação e afeto, trilogia que pode formar a “poção mágica” do relacionamento duradouro, criativo e satisfatório.
Norma Emiliano
 

TENHA UM BOM DIA!
Rosane!

5 comentários:

  1. Ei Rô,
    Saudades de vc... Feliz dia da Vovó atrasado...
    Ontem postei uma homenagem às vovós... Eu tenho uma vovó do coração, chamada vovó Dolores, que tem 118 anos e está lúcida... Ela é um amor...
    Sabe, gostei de seu post... Se aos 20 anos há crise imagine no começo que falam por aí q tudo são flores... Imagine! Pura mentira! O marido e eu vivemos as turras pq ele é mais turrão q eu...
    Adorei as suas dicas viu?

    Vem me visitar no Ideias... Vai rolar blogagem coletiva do Dia dos Pais...

    bjão

    ResponderExcluir
  2. Oi Rosane
    Gostei de fazer parte do seu post, este é um assunto que é pouco explorado, pois as crises fazem parte dos relacionamentos e podem ser oportunidades de crescimento.
    Ontem fiz uma pequena homenagem`aos avós no blog, estendo-a a voce^
    bjs,

    ResponderExcluir
  3. Oi Rô...andei ausente por causa da viagem e agora estou me recuperando de um resfriado. O Congo está mais seco do que nunca e relativamente calor, enquanto que na África do Sul estava muito frio...meu corpo sentiu e com a saudades das crianças minha imunidade deve ter ido para as cucuías...rsrsrs. Gosto muito de ser e estar casada, marido e eu acima de tudo nos sentimos sortudos por termos nos encontrado. Espero não sair desse caminho. Beijocas!

    ResponderExcluir
  4. Voinha, eu tenho certeza que a senhora, a mamãe e tantos outros casais que vivem felizes seguiram todas essas dicas, por isso seguirei atentamente, rsrs...

    Beijos voinha, te amo!!!^^

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pelas dicas, coisas simples, mas muito importantes... Adorei!!!
    Bjsss
    Carla

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails