segunda-feira, 8 de março de 2010

" - DIGA NÃO A VIOLÊNCIA NESSE DIA INTERNACIONAL DA MULHER -"



aaaamaulher16

“Os espancamentos estavam ficando cada vez mais graves. No começo estava confinado à casa. Aos poucos ele parou de se importar. Ele me batia na frente dos outros e continuou a ameaçar-me. Toda vez que ele me bateu, era como se ele estava tentando testar minha resistência, para ver o quanto eu poderia aguentar".(1)

"O abuso emocional é pior. Você pode ficar louco quando você é constantemente humilhada e disse que você é inútil, você não é nada"(2)
"Meu marido me bate, faz sexo comigo contra a minha vontade e eu tenho que obedecer" (3)  

"Eu pego num cobertor e passo a noite com os meus filhos lá fora no frio, porque ele está a bater-me muito e eu tenho que levar as crianças para que ele não as bata muito" (4)

Conclusão
Se afirmarmos que os direitos das mulheres foram atingidos e ignorarmos os fatos apresentados acima (uma minúscula amostra do registo de terríveis abusos sexistas), então estamos a admitir que vivemos numa sociedade global injusta, fraca e impotente, que em mais de cem anos de esforços concertados para definir os direitos das mulheres e colocá-los em pé de igualdade com os homens, ainda não conseguimos criar estruturas universais e globais.

Enquanto uma das funções biológicas da mulher é carregar o filho durante a gravidez (se ela assim o desejar), como podemos dizer que chegámos a qualquer auge do sucesso se o direito ao emprego é em muitos casos sujeito ao preceito de que a mulher não vai ter filhos e quando poucas sociedades em todo o mundo criaram os mecanismos financeiros para as mulheres terem uma plena vida profissional no exercício das suas funções escolhidas como esposas e mães, para além de garantir o seu direito à inviolabilidade da sua integridade física?

(1) ONU: Licenciada tailandesa
(2) ONU: Mulher entrevistada na Sérvia / Montenegro
(3) ONU : Mulher entrevistada em Bangladesh
(4) ONU: Mulher entrevistada no Peru
(5) American Association of University Women. 2001.
fonte aqui

 
Estas são as palavras de Nicole Kidman, a Embaixadora de Boa Vontade da UNIFEM e porta-voz internacional para a campanha Diga Não! Unir para terminar a violência contra mulheres. 

Nicole Kidman está em campanha de sensibilização para o sofrimento de milhões de mulheres em todo o mundo, destacando a violação dos direitos da mulher no meio de estatísticas chocantes: 70 por cento das mulheres sofrem algum tipo de violência perpetrado por homens. 
Uma cidadã dos Estados Unidos da América e aa Austrália, Nicole Kidman faz campanha há anos em favor de causas humanitárias (Embaixadora da Sydney Children's Hospital, patrona do Teatro para Jovens, Embaixadora da UNICEF para a Austrália, Patrona Honorária da FARA - uma caridade que ajuda órfãos - defensora para pesquisa no câncer para as mulheres nos E.U.A., Presidente da Saúde da Mulher Fundo UCLA), e agora empresta sua voz para a campanha da UNIFEM para trazer a consciência pública às estatísticas chocantes que revelam o verdadeiro alcance da violência contra a mulher: causa mais mortes e incapacidades do que o cancro, a malária, acidentes de trânsito e atos de guerra, em conjunto.

UNIFEM revela que cerca de 70 por cento das mulheres sofrem violência por parte dos homens em sua vida. Começa cedo e não se limita aos países em desenvolvimento: Nos E.U.A., 83 por cento das meninas de 12-16 sofrem alguma forma de assédio sexual na escola. E continua na vida profissional: até 50 por cento das mulheres na UE são vítimas de assédio sexual de alguma forma no local de trabalho. 

Violência afeta centenas de milhões de mulheres em todo o mundo, todos os dias. Na Índia, 22 mulheres são assassinadas todos os dias em questões relacionadas com dotes. Diariamente, na Guatemala, 2 mulheres morrem. Na África do Sul, uma mulher é assassinada a cada 6 horas. Em São Paulo, Brasil, uma mulher é agredida a cada 15 segundos.

800,000 mulheres e meninas são traficadas anualmente, 79 por cento destas para fins de exploração sexual. 3 milhões de meninas por ano sofrem mutilação genital feminina na África, um flagelo que atinge 140 milhões de mulheres no mundo inteiro. Mais de 60 milhões de meninas são forçadas a ser noivas enquanto crianças todos os anos.

A campanha da UNIFEM que Nicole Kidman lidera é: Diga Não! - Unidos pelo Fim da Violência contra as Mulheres, lançada em novembro passado no Quénia. O objetivo é trazer a consciência pública para a gravidade e a profundidade desta barbárie continuada e inaceitável para alcançar 100,000 acções de Março de 2010, um milhão de novembro.

No cinema, Nicole Kidman chamou a atenção do público por seu desempenho em Dead Calm (1989). Em 2002 ela recebeu uma indicação ao Oscar por seu papel em Moulin Rouge e ganhou o Oscar de melhor atriz em As Horas, em 2003. Outros filmes em que atuou incluem "Far and Away", "Portrait of a Lady", "To Die For", "Os Outros", "Cold Mountain", "Dogville" e "Nascimento".

Você pode adicionar a sua voz ao protesto contra a violência de gênero e de ajuda campanha de Nicole Kidman, visitando site patrocinado pela UNIFEM http://www.saynotoviolence.org/about-say-no site.
Timothy BANCROFT-HINCHEY



IMAGEM AQUI
 

ASSIM COMPETE À MULHER CRISTÃ

MULHERES VIRTUOSAS

Ter um pouco de Rebeca,
que não se omitiu,
mas ofereceu água aos camelos de Abraão.
Ser atraente como Raquel,
por quem Jacó se dispôs a pagar
catorze anos de árduo trabalho.
Batalhar como Débora
em defesa do seu povo.
Esperar como Noemi,
que achou conforto depois de
ter bebido as águas da aflição
em terras estranhas.
Brilhar como Rute,
que nos campos de Boaz
dignificou o trabalho e soube servir.
Orar como Ana, crendo que Deus
ouve e atende as nossas petições.
Sofrer como Vasti, que preferiu perder o trono
a perder a sua dignidade e boa reputação.
Servir como Marta, que ofereceu
a melhor hospitalidade pra Jesus.
Doar como Dorcas, que usou seus talentos
para agasalhar os pobres e necessitados.
Ensinar como Lóide, que encheu
a mente e o coração de Timóteo
da letra e do Espírito das Sagradas Escrituras,
tornando-o sábio para a salvação.
Adorar e trabalhar como Lídia,
que abriu o coração ao Senhor,
e o seu lar aos primeiros missionários
no Continente Europeu.
Vivamos, pois, a fé dentro de nossos lares,
nossas igrejas e na sociedade, confiantes
que o mesmo Deus que nos comissionou,
nos capacitará para a tarefa solene de nossos dias
e nos envolverá com o Seu Espírito.
Procura-se pelo autor (a)
FONTE AQUI

IMAGEM AQUI


AS BEM-AVENTURANÇAS DA MULHER CRISTÃ.

Bem-aventurada sou porque fui criada à imagem e semelhança de Deus, redimida por Jesus Cristo e santificada pelo Espírito Santo.

Bem-aventurada sou porque posso ensinar aos outros o que é a vida abundante em Cristo.

Bem-aventurada sou pelas marcas dos anos ou de minha vida sacrificada ou, muitas vezes, difícil, ou mesmo fácil, mas a vida sempre sob a graça do Espírito Santo, que me deu a dádiva de estar viva hoje para desfrutar destes momentos de comunhão com ele.
Bem-aventurada sou quando os que me foram dados para gerar, criar, cuidar e amar, me abraçam e beijam com carinho e amor.
Bem-aventurada sou quando me sinto útil e procuro não me cansar de fazer o bem.
Bem-aventurada sou quando consigo entender as outras gerações e sentir que, andando lado a lado com os outros, podemos construir uma ponte de amizade. 
Bem-aventurada sou quando cuido das minhas plantas,dos animais que tenho,unindo-me assim, ainda que humildemente, àqueles que lutam para salvar da destruição a terra, obra das mãos do Criador.
Bem-aventurada sou quando posso tirar do tesouro sagrado das minhas memórias coisas novas e velhas para repartir com os outros.
Bem-aventurada, mil vezes bem-aventurada, por ter aprendido a orar as palavras do salmista:
“Ensina-me a contar os nossos dias de tal maneira que alcance um coração sábio”.
Que assim seja. Amém.

UM ABENÇOADO DIA DAS MULHERES 
FONTE AQUI 


Anime

FELIZ DIA DAS MULHERES PARA TODAS NÓS, MULHERES BRASILEIRAS E E TODO O MUNDO

ROSANE!



 Que a sua semana seja linda e cheia da luz de Deus!



3 comentários:

  1. Rô,

    Feliz Dia da Mulher para você. Que Deus a esteja abençoando cada vez mais.

    Beijão e uma otima semana pra você.

    ResponderExcluir
  2. Esse não e só um blog....e um banho de luz,um refrigeriona alma....
    Rô graças a Deus o dinheiro não deu...imagine...um time de futebol..rsrsrsrsrs...socorro.

    ResponderExcluir
  3. Oi Rosane...é verdade...apesar das inumeras conquistas da mulher ainda existe a violência, o preconceito, mas creio que a cada dia isso vai tomando outros rumos justamente por causa da força e da perseverança da mulher em conquisatr de vez o espaço que lhe é cabível nesta história...os homens que se cuidem...rs
    Bela postagem...Feliz Dia Internacional das Mulheres, mesmo um pouquinho atrasado...rs
    Um abraço na alma...bjo

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails