quarta-feira, 1 de abril de 2009

- SAUDADE É O AMOR QUE FICA - AGRADECIMENTO



Hoje ao abrir meu blog me deparei com o comentário do meu menino lindo Everton Vidal.
Fui até seu blog, pois já estava de há muito em falta com ele, para lhe agradecer seu carinho e suas orações, e dizer-lhe que nunca me esqueço de ninguém, todos(as) estão e estarão sempre em meu coração e em minhas orações. Principalmente porque sei do carinho que todos têm por mim. Muitas vezes fico meio longe, talvez por pensar que sou meio velha para ficar invadindo o blog desses meninos e meninas tão inteligentes e maravilhosos, verdadeiros anjos que Deus colocou em minha vida.

Sei que eles vão dizer, que velha que nada, afinal eu sou uma vovó nova ainda, meus filhos praticamente têm a mesma idade deles. Mas não gosto de me considerar uma vovó chata e intrusa. Então demoro para visitá-los.

Quanto já aprendi com todos vocês meus meninos(as), vocês não sabem a alegria que me dão e o quanto eu fico feliz por poder ser amiga de todos. Não sou dada dar conselhos, nem aos meus filhos faço isso, sempre penso que se conselho fosse bom seria vendido aos vidrinhos em todo comércio, posso quando mundo passar um pouquinho da minha experiência de vida, afinal como diz meu marido, acho que eu tenho bastante garrafas cheias para vender.

Então... tudo isso para dizer que tomei a liberdade de trazer para cá um texto que li no blog do meu menino lindo Everton, chorei muito, pois sou chorona mesmo, e que, me levantou o astral que ultimamente devido ao tratamento e a doença em si tá meio baixo.

Evertom meu menino lindo, você conseguiu com esse texto me ajudar a levantar cabeça e tocar meu barco em frente, pois sei que ainda me resta muitos mares para ser percorrido, me resta muitas coisas para serem realizadas. Sei que Deus está do meu lado e que se ao longo desta jornada eu cair muitas vezes, muitas vezes ele estará lá de uma maneira ou de outra me dando as mãos para me levantar. E uma das maneiras que Ele o Senhor encontra é a de colocar anjos em meu caminho também, assim como Ele colocou no caminho do médico do texto.

Anjos como Roseane que ontem me enviou um imagem de Nossa Senhora de Nazaré, que para mim que sou católica e creio na intersessão Dela a mãe do meu Senhor, não que ela faça os milagres, de maneira alguma, Ela intercede por nós junto ao Filho, qual filho tem a coragem de negar alguma coisa a sua mãe. É isso o que Ela faz, assim como eu estou sempre pedindo pelos meus. Essa pequenina imagem veio para mim como um sinal de Deus, me dizendo: "CREIA APENAS EM MIM E TUDO LHE SERÁ DADO!"

Obrigada Ro pelos deliciosas chocolates, sou chocolatra admito, e me acabei ao comer tão gostosos chocolates alemão, hummmmm que delícia meu Deus, pequei pela gula, aí que feio...

Obrigada Everton e muito obrigada Roseane, por todo o carinho e amor por mim.

Obrigada também a todos(as) que por aqui passam, principalmente minhas filhas, netinhos(as) e meus irmãos e irmãos de coração e vocês todos meus grandes amigos.

Fiquem com o texto do blog do Everton e vejam que lição de vida, força e fé.

......................................................................


- SAUDADE É O AMOR QUE FICA -




Por Rogério Brandão
Nós médicos somos treinados para nos sentirmos "deuses". Só que não o somos! Não acho o sentimento de onipotência de todo ruim, se bem dosado. É este sentimento que nos impulsiona, que nos ajuda a vencer desafios, a se rebelar contra a morte e a tentar ir sempre mais além. Se mal dosado, porém, este sentimento será de arrogância e prepotência, o que não é bom. Quando perdemos um paciente, voltamos à planície, experimentamos o fracasso e os limites que a ciência nos impõe e entendemos que não somos deuses. Somos forçados a reconhecer nossos limites!Recordo-me com emoção do Hospital do Câncer de Pernambuco, onde dei meus primeiros passos como profissional. Nesse hospital, comecei a freqüentar a enfermaria infantil, e a me apaixonar pela oncopediatria. Mas também comecei a vivenciar os dramas dos meus pacientes, particularmente os das crianças, que via como vítimas inocentes desta terrível doença que é o câncer.Com o nascimento da minha primeira filha, comecei a me acovardar ao ver o sofrimento destas crianças. Até o dia em que um anjo passou por mim. Meu anjo veio na forma de uma criança já com 11 anos, calejada porém por 2 longos anos de tratamentos os mais diversos, hospitais, exames, manipulações, injeções e todos os desconfortos trazidos pelos programas de quimioterapias e radioterapia. Mas nunca vi meu anjo fraquejar. Já a vi chorar sim, muitas vezes, mas não via fraqueza em seu choro. Via medo em seus olhinhos algumas vezes, e isto é humano! Mas via confiança e determinação. Ela entregava o bracinho à enfermeira e com uma lágrima nos olhos dizia: faça tia, é preciso para eu ficar boa. Um dia, cheguei ao hospital de manhã cedinho e encontrei meu anjo sozinho no quarto. Perguntei pela mãe. E comecei a ouvir uma resposta que ainda hoje não consigo contar sem vivenciar profunda emoção.Meu anjo respondeu: - Tio, às vezes minha mãe sai do quarto para chorar escondido nos corredores. Quando eu morrer, acho que ela vai ficar com muita saudade de mim. Mas eu não tenho medo de morrer, tio. Eu não nasci para esta vida!Pensando no que a morte representava para crianças, que assistem seus heróis morrerem e ressuscitarem nos seriados e filmes, indaguei:
- E o que a morte representa para você, minha querida?- Olha tio, quando a gente é pequena, às vezes, vamos dormir na cama do nosso pai e no outro dia acordamos no nosso quarto, em nossa própria cama não é? (Lembrei que minhas filhas, na época com 6 e 2 anos, costumavam dormir no meu quarto e após dormirem eu procedia exatamente assim.)- É isso mesmo, e então?- Vou explicar o que acontece, continuou ela: Quando nós dormimos, nosso pai vem e nos leva nos braços para o nosso quarto, para nossa cama, não é?- É isso mesmo querida, você é muito esperta!- Olha tio, eu não nasci para esta vida! Um dia eu vou dormir e o meu Pai vem me buscar. Vou acordar na casa Dele, na minha vida verdadeira! Fiquei "entupigaitado". Boquiaberto, não sabia o que dizer. Chocado com o pensamento deste anjinho, com a maturidade que o sofrimento acelerou, com a visão e grande espiritualidade desta criança, fiquei parado, sem ação.- E minha mãe vai ficar com muita saudade minha, emendou ela.Emocionado, travado na garganta, contendo uma lágrima e um soluço, perguntei ao meu anjo:- E o que saudade significa para você, minha querida?
- Não sabe não, tio? Saudade é o amor que fica! Hoje, aos 53 anos de idade, desafio qualquer um a dar uma definição melhor, mais direta e mais simples para a palavra saudade: é o amor que fica!Um anjo passou por mim... Foi enviado para me dizer que existe muito mais entre o céu e a terra, do que nos permitimos enxergar. Que geralmente, absolutilizamos tudo que é relativo (carros novos, casas, roupas de grife, jóias) enquanto relativizamos a única coisa absoluta que temos, nossa transcendência. Meu anjinho já se foi, há longos anos. Mas me deixou uma grande lição, vindo de alguém que jamais pensei, por ser criança e portadora de grave doença, e a quem nunca mais esqueci. Deixou uma lição que ajudou a melhorar a minha vida, a tentar ser mais humano e carinhoso com meus doentes, a repensar meus valores. Hoje, quando a noite chega e o céu está limpo, vejo uma linda estrela a quem chamo "meu anjo”, que brilha e resplandece no céu. Imagino ser ela, fulgurante em sua nova e eterna casa. Obrigado anjinho, pela vida bonita que teve, pelas lições que ensinaste, pela ajuda que me deste. Que bom que existe saudades! O amor que ficou é eterno.
Depoimento de um médico oncologista do Recife
Rogério Brandão, Médico oncologista clinico RC Recife Boa Vista D4500 - Cremepe 5758
Fonte: http://www.recadosfernandogoncalves.blogspot.com/


Um bom dia a todos(as)!

Que Deus esteja sempre bem juntinho a todos(as)!

Rosane!









2 comentários:

  1. Querida!
    Espero que venhas recuperando. Também tenho estado doente com uma infecção urinária que passou de pois para o aparelho digestivo, e tudo, porque raramente bebia água.tu, bebe muita amiga, para ir saindo todas as toxinas dos medicamentos que ingeres. antes de ficar em retiro por estes dias vim aqui dar-te um beijo grande e um abraço imenso no centro do Universo. Deixo ainda uma porção de aloés e mirra que foram utilizados para suavizar as chagas de Cristo; recebe para que te suavizem o mau estar que deves sentir. E faço o sinal da cruz, nas costas das tuas mãos e na tua testa, com óleo de sândalo, para te abençoar através da minha parte divina.
    Que se cures depressa. Lembrar-me-ei de ti no meu retiro e entregar-te-ei ao PAI!
    fica o melhor possível e pensa positivo!
    Sempre...
    Ternamente
    MAriz

    ResponderExcluir
  2. Rô querida, que saudades!!!!
    Os dias estão nublados e turbulentos, mas tenho fé que tudo vai passar, assim como uma chuva de verão.
    Estou triste, triste... mas sei que sou amada pelos meus amigos e isto tem me ajudado bastante. Sinto a força do carinho que vem de você.
    Obrigada, sempre!
    Acho que vou comprar a passagem para o dia 20 de maio, só estou esperando confirmação do RH aqui do meu trabalho. Assim que tiver confirmação te aviso, tá?

    Beijão, te amo!
    Fica bem.

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails