sábado, 11 de outubro de 2008

Descobri quem sou...



http://luminescencias.blogspot.com/Estudio%20de%20mujer%20desnuda%20inclinada%20hacia%20atras.jpg





Acordei ontem me perguntando, como será que estão meus cabelos brancos, são muitos ou são poucos??? Depois de um longo tempo de tratamento, me sinto plena e voltei a ser o que sou. Agradeci a Deus por ter me enviado esse longo tempo para que eu pudesse repaginar minha vida, dar valor a coisas que antes não dava, olhar um pouco mais para dentro de mim, e me ver diferente, descobrir realmente quem sou.

Então, descobri que ainda tenho muito a fazer e muito a dar. Descobri que sou uma mulher com meio século de vida, com as linhas do tempo já aparecendo, que viveu para o esposo, para os filhos e pela família. Descobri que amo tudo isso, que fui feita para isso. Descobri que existe uma força abrasadora dentro mim, e decidi, vou mudar o visual, quero saber como estão meus cabelos brancos. Mas vou continuar sendo eu mesma pois gostei de saber quem sou.

E agora que os filhos se foram eu poderei me dedicar mais a pessoa que por anos a fim me fez ser quem sou, aquele que me ama e respeita, aquele me diz todos dias;- "te amo vamos casar de novo?".

Aquele que todos dias me faz sentir forte e feliz. Por ele e para ele quero viver. Dedicar os anos que ainda viverei junto dele me fazendo plena e lhe dar toda minha Nudez como diz esse lindo poema que descreve tão bem a chama de um verdadeiro amor de um amor abençoado por Deus.

Assim que me sinto hoje, nua, transparente, feliz, amada, apaixonada pela vida, amada pelos filhos, sinto o amor de Deus por mim, hoje sei quem sou, porque sou e para que sou. Sou para o amor, sou para dar amor, sou para amar.



"Há tempo, muito tempo ainda para o amor."






TUA NUDEZ

© DE João Batista do Lago

Tua nudez passeando pela casa
Faz de mim expectador de toda beleza.

Teus pés pisam o chão com tanta ternura,
Que chego a sentir ciúme dele!
Passo em passo, pela casa, nas pontas dos dedos,
Revelas o salto alto de um sapato imaginário
Que desfila para a procissão dos meus olhos
Tua sântica imagem corporal.
Quando passas por mim, bela e sensual,
Sinto-me cada vez mais teu devoto
Oblata da liturgia do teu corpo
Fiel adorador da tua beleza
Capaz de pagar todos os dízimos
Ficar a esmo como qualquer mendigo
Só não quero ficar sem o pão da tua sacristia:
Teu corpo, vinho e hóstia, meu alimento.

Tua nudez passeando pela casa
Faz de mim expectador de toda pureza.

Teus tornozelos carnudos e arredondados
Que pouco a pouco vão sendo revelados
São como prenúncios de desvelos segredados
Véus, como nuvens, descortinam tuas curvas:
Pernas torneadas; serpenteadas de volúpias,
Dobram-me em oração quando me enlaçam!
Dão-me nós inquebrantáveis quando me abraçam
Deixando meu corpo submisso ao suplício
Ternura agônica sem qualquer sacrifício
Vou-me rendendo, aos pouquinhos, como Tântalo
Quando já quase louco quer a bebida e fruto do teu corpo
Insuperável alimento que produz o teu horto
Jardim das Oliveiras de todos os meus gozos
Terra da minha condenação! Sou teu cristo: aceito a crucificação.

Tua nudez passeando pela casa
Faz de mim um expectador de toda singeleza.

Tuas coxas! Sinfonia do equilíbrio do universo!
Sustentam o sacrário de toda procriação
Guardam e segredam a mais pura flor de lótus
Donde toda espiritualidade nasce em profusão
Tuas coxas! Colunas que sustentam eternidade
Igreja de Lakshmi – a deusa da prosperidade –
Caminho que me conduz ao princípio do ser
Oráculo de raiares de sóis a cada amanhecer.
Venero-te quando me prendes ao teu eixo
Quando me ofereces à flor no mais puro beijo
Quando me pedes, qual zangão, para ungir o teu mel
Quando nos tornamos um no alvéolo sagrado do amor
Quando me tiras do corpo todo amargo do fel
Quando tatuas em mim, do teu gozo, todo odor.

Tua nudez passeando pela casa
Faz de mim um expectador de toda clareza.

Teus seios! Cristais que emolduram teu busto!
Vênus, por certo, de ti sentiria ciúme
A Zeus trataria de fazer queixume
Ao ver tanta perfeição no teu peito robusto
Teus seios são mais que protuberâncias
Também são fontes de enlaçaduras
Ondas que levam meu sexo às loucuras
Quando nos amamos sem quaisquer discrepâncias
Teus seios subjugam minha boca
Seduzem minha língua à presteza de todo carinho
Arrancando de ti frêmitos e loucos gemidos
Teus seios quando tocam em meu corpo
Dá-me uma vontade louca de nos querermos mortos
Para nos perdermos na eternidade sem sentidos

Tua nudez passeando pela casa
Faz de mim um expectador de toda grandeza.

Tua boca! Ah, como é quente tua boca!
Ela não precisa de palavras para falar de sentimento
Di-lo, com a força de um beijo, sem qualquer ressentimento
Todo amor mais profundo que, porventura, sufoca
Tua boca me lambe… Me beija… Me come
Me vira do avesso… Me faz ver estrelas… Me instala no céu
Transforma meu corpo num verdadeiro fogaréu
Tua boca me cala… Me fala… Me grita… Me consome…
Ah! Tua boca diz ao meu corpo o instante do gozo
Mas, teimosa insiste e palpita dentro de mim
Regaça minha razão… Floresce minha paixão…
Tua boca grita: “Não! Não paremos agora…
A sinfonia ainda não acabou! Dancemos…
Há tempo, muito tempo ainda para o amor.”





"Há tempo, muito tempo ainda para o amor."
Te amo meu querido vovô Barba!





Rosane!





8 comentários:

  1. Ai, mãezinha...quando eu crescer quero ser igualzinha a você, sabia? E que Deus me permita ter ao lado alguém a quem eu possa dedicar essas lindas homenagens de amor, assim como você faz sempre com o Vovô Barba!!!

    Te amo muito!!!

    ResponderExcluir
  2. Vovó, que texto mais lindo! Que declaração de amor mais pura e intensa... Roubo as palavras a Du, quando eu crescer quero ser igual à senhora e ter um amor tão lindo assim também! Mas a senhora tem isso tudo porque merece, viu? A senhora é com certeza uma pessoa iluminada!

    Que o amor da senhora e do vovô barba só aumente cada vez mais!

    Amo a senhora!!!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. Vó do céu!!!! Que texto lindo, meu Deus!!!

    A senhora é a vó mais linda que existe, tanto por dentro qnto por fora. E o seu interior é lindo demais, e é isso que importa! Então mude o que qzer, menos a essência que tu tens. E qnto aos cabelos brancos, relaxa!! Eles te embelezam, pois a sua experiencia conta e mto!!
    Amo a senhora, voinha
    Bom FDS

    ResponderExcluir
  4. Rô, não digo que você surpreende, pois de você só vem coisas lindas mesmo, mas que coisa maravilhosa!! Amei esse post, tudo!! Graças a Deus também tenho alguém para dedicar essas palavras, espero poder continuar dedicando por muitos e muitos anos!...

    Engraçado ver você falando sobre cabelos brancos, ainda na semana passada ouvi de uma pessoa conhecida um comentário super grosseiro sobre isso, em relação a outra pessoa conhecida, da qual eu gosto muito, e fiquei super chateada. É uma pena que as pessoas preocupem-se tanto com o visual, com o exterior, quando na verdade o que importa mesmo é o que vem de dentro! O engraçado é que, enquanto nos homens o cabelo branco é considerado um 'charme', nas mulheres ainda é encarado como 'desleixo'. Mas eu não concordo com isso, para mim isso é ignorância e cabelo branco sempre vai ser sinônimo de sabedoria. Continue sempre assim, tá? O mais importante na vida é mesmo o AMOR!

    Obrigada pela visitinha, tenha um lindo final de semana!!! Mil beijos!!!

    ResponderExcluir
  5. Que bela declaração de amor a vida! E é mais lindo ainda ver que está feliz e realizada... E a declaração de amor ao teu companheiro foi linda e admirável...
    Parabéns por tudo... Por esta sabedoria e por encontrar em teu amor tua realização...
    Bom fim de semana!
    Bjos!
    Leandro

    ResponderExcluir
  6. Viva, Vovó!

    Há sempre tempo para o amor, mesmo se o tempo estiver esgotado, Rô.

    Continue assim, que a felicidade é isso.

    A cada momento, vivê-lo, antes de que se acabe, e preparar-se para entrar no momento seguinte, com a mesma determinação e propósito. Ad aeternum!

    Abraço

    Ruben

    ResponderExcluir
  7. RÔ!
    arrazou,amiga!
    Todo dia é dia de AMAR,
    AMAR,não tem dia nem lugar nem idade
    AMARÉ SÓ SE DEIXAR AMAR AMANDO
    RÔ!O VOVÔ BARBA , DEVE ESTAR SUPER fELIZ, UMA DECLARAÇÃO DESTA, não tem patrocinadorque lhe pague, amiga,
    Só mesmo a Nossa Senhora Aparecida que nos aguente!
    NO NOSSO globo de amigas de todos os dias,orai por nós as renovadoras, e nos deixei cair na tentação de radicalizar e querermos ser felizes, AMEM
    beijos, beijos, neste enorme coração!

    ResponderExcluir
  8. O vovô Barba deve ser muito faceiro com esta vovó! E com razão!
    Felicidades pra vocês sempre!
    Bjim.

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails