quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Indicações dos livros que a vovó está lendo

Feliz aquele que transfere o que sabe, e aprende o que ensina.
"Cora Coralina



Indicações dos livros que a vovó vem lendo nos útimos tempos::-






Paulo de Tarso - História de um apóstolo

Quem foi Paulo, o Apóstolo? Para alguém que exerceu uma profunda influência na teologia cristã, Paulo permanece uma figura obscura por detrás de suas completas epístolas bíblicas. Debates sobre o que ele significa desviaram a atenção de sua personalidade. No entanto, é essa justamente importante chave para o entendimento de suas idéias teológicas,Este livro busca o equilíbrio. A imaginação disciplinada de Jerome Murphy-O'Connor, alimentada pela pesquisa de toda uma vida, traz-nos inúmeros detalhes textuais, históricos e arqueológicos, de forma vívida e agradável, numa história em que Paulo é o herói fragmentado, mas imbatível.Esta narrativa cronológica oferece novas visões sobre o desenvolvimento intelectual, emocional e religioso de Paulo, e situa suas viagens, missões e idéias teológicas em um contexto biográfico plausível. À medida que Paulo se transforma de um adolescente judeu assimilado, em Tarso, em um competitivo fariseu, em Jerusalém, e então em um missionário audaz de Cristo, os elementos às vezes contraditórios de sua complexa personalidade emergem do modo como ele interage com pessoas e problemas. Sua teologia foi forjada no diálogo e se torna mais inteligível quando nos aprofundamos na apreciação de sua pessoa. Nesta biografia engajada, escrita por O'Connor, o apóstolo renasce como um complexo e intenso ser humano.



::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::




Desejar a vontade de Deus


Nossa ânsia de autodeterminação e autocontrole nos impede de conhecer a alegria e a liberdade de uma vida centralizada em Deus. Muitos pensam a vontade de Deus como alguma coisa a ser encontrada ou como uma orientação dele recebida quando se toma decisões. Entretanto, com demasiada freqüência, o problema não é saber o que Deus deseja para nossa vida, mas não querer fazer o que já sabemos que ele quer. Como podemos disciplinar nossa vontade e assim sermos capazes de fazer o que Deus pede? Neste livro, o psicólogo e diretor espiritual David Benner estuda a transformação da vontade na espiritualidade cristã. Ele examina por que nossos desejos são desordenados e como podemos transformar nossa vontade humana em aliada das intenções de Deus, para de bom grado escolhermos o que ele quer para nós. Não fala em subjugar a vontade, mas em transformá-la. Ultrapassa o superficial "como fazer" e busca confrontar o âmago de nossa rebelião, independência e orgulho. Ao fazer isso, nos mostra que cultivar o discernimento e estar em harmonia com os desejos de Deus é o caminho para a vida verdadeira, a saúde espiritual e a liberdade.

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::



Um retiro com o Perigrino

Este livro, amigo leitor e amiga leitora, tem um objetivo que vou tentar deixar claro. Em primeiro lugar é uma pequena contribuição a um apelo que se faz mais forte e urgente, especialmente da parte dos leigos, em busca de uma espiritualidade que nos ajude a viver o desafio da fé cristã no mundo de hoje. Um olhar atento pode captar a situação dramática do nosso mundo, ambivalente e cheio de contrastes. Um olhar pastoral sente compaixão por este nosso mundo: homens, mulheres e, especialmente, crianças com fome de vida, de sentido, de pão, de afeto, de dignidade...
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


O grande amigo de Deus

A vida do apóstolo São Paulo, ou Paulo de Tarso, como era chamado pelos romanos, é romanceada neste livro de Taylor Caldwel. Além do apóstolo, a autora enfatiza o homem, com suas dúvidas e fraquezas. Mostra que ele foi um intelectual, exerceu o Direito e foi um grande teólogo fariseu.
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::



Médico de homens e de almas


Este livro trata de Nosso Senhor apenas indiretamente. Não há romance e nem livro histórico que possam transmitir a história de Sua vida tão bem quanto a Santa Bíblia. Assim, a história de Lucano, ou São Lucas, é a história da peregrinação de todos os homens através do desespero e das trevas da vida, através do sofrimento e da angústia, através da amargura e da tristeza, através da dúvida e do cinismo, através da rebelião e da desesperança até os pés e a compreensão de Deus. Essa busca de Deus e da revelação final é a única significação na vida dos homens. Sem essa busca e essa revelação, o homem vive apenas como um animal, sem conforto e sem sabedoria, e sua vida é inútil, seja qual for seu grau de poder e nascimento.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


Um curso em milagres



UM CURSO EM MILAGRES começou com a decisão repentina de duas pessoas de se unirem com uma meta comum. Seus nomes eram Helen Shucman e William Thetford, professores de psicologia médica na Faculdade de Medicina e Cirurgia da Universidade de Columbia na cidade de Nova York. Quem eram eles não importa, exceto que a história mostra que com Deus todas as coisas são possíveis. Eles eram tudo, menos pessoas interessadas no espiritual. O seu relacionamento era difícil e frequentemente tenso e eles estavam preocupados com o nível de aceitação pessoal e profissional em suas vidas e com status. Em suma, tinham investido de forma considerável nos valores do mundo. As suas vidas dificilmente estavam de acordo com qualquer coisa que o curso advoga. Helen, que recebeu o material, descreve a si mesma nestes termos:
Psicóloga, educadora, teoricamente conservadora e ateísta em minhas crenças, eu estava trabalhando num ambiente altamente acadêmico e de muito prestígio. De repente algo aconteceu que desencadeou uma série de eventos que eu nunca poderia ter previsto. O chefe do meu departamento inesperadamente anunciou que ele estava cansado dos sentimentos raivosos e agressivos que as nossas atitudes refletiam, e concluiu dizendo que "tem que haver um outro jeito." Como se eu estivesse esperando esse sinal, concordei em ajudar a achá-lo. Aparentemente, esse Curso é o outro jeito.

Fonte::-http://www.milagres.org/index2.htm






O cérebro humano mede o tempo por meio da observação dos movimentos.
Se alguém colocar você dentro de uma sala branca vazia, sem nenhuma mobília,
sem portas ou janelas, sem relógio... você começará a perder a noção do tempo.
Por alguns dias, sua mente detectará a passagem do tempo sentindo as reações
internas do seu corpo, incluindo os batimentos cardíacos, ciclos de sono,
fome, sede e pressão sanguínea.
Isso acontece porque nossa noção de passagem do tempo deriva do movimento
dos objetos, pessoas, sinais naturais e da repetição de eventos cíclicos,
como o nascer e o pôr do sol.
Compreendido este ponto, há outra coisa que você tem que considerar:
Nosso cérebro é extremamente otimizado.
Ele evita fazer duas vezes o mesmo trabalho. Um adulto médio tem entre 40 e
60 mil pensamentos por dia. Qualquer um de nós ficaria louco se o cérebro
tivesse que processar conscientemente tal quantidade.
Por isso, a maior parte destes pensamentos é automatizada e não aparece no
índice de eventos do dia e portanto, quando você vive uma experiência pela
primeira vez, ele dedica muitos recursos para compreender o que está
acontecendo. ***
É quando você se sente mais vivo.** *
Conforme a mesma experiência vai se repetindo, ele vai simplesmente
colocando suas reações no modo automático e 'apagando' as experiências
duplicadas.
Se você entendeu estes dois pontos, já vai compreender porque parece que o
tempo acelera, quando ficamos mais velhos e porque os Natais chegam cada vez
mais rapidamente.
Quando começamos a dirigir automóveis, tudo parece muito complicado, nossa
atenção parece ser requisitada ao máximo.
Então, um dia dirigimos trocando de marcha, olhando os semáforos, lendo os
sinais ou até falando ao celular ao mesmo tempo.
Como acontece?
Simples: o cérebro já sabe o que está escrito nas placas (você não lê com os
olhos, mas com a imagem anterior, na mente); O cérebro já sabe qual marcha
trocar (ele simplesmente pega suas experiências passadas e usa , no lugar de
repetir realmente a experiência).
Em outras palavras, você não vivenciou aquela experiência, pelo menos para a
mente. Aqueles críticos segundos de troca de marcha, leitura de placa...
São apagados de sua noção de passagem do tempo....
Quando você começa a repetir algo exatamente igual, a mente apaga a
experiência repetida.
Conforme envelhecemos, as coisas começam a se repetir -as mesmas ruas,
pessoas, problemas, desafios, programas de televisão, reclamações...
enfim... as experiências novas (aquelas que fazem a mente parar e pensar de
verdade, fazendo com que seu dia pareça ter sido longo e cheio de
novidades), vão diminuindo.
Até que tanta coisa se repete que fica difícil dizer o que tivemos de
novidade na semana, no ano ou, para algumas pessoas, na década.
Em outras palavras, o que faz o tempo parecer que acelera é a... *
**
ROTINA*
Não me entenda mal.
A rotina é essencial para a vida e otimiza muita coisa, mas a maioria das
pessoas ama tanto a rotina que, ao longo da vida, seu diário acaba sendo um
livro de um só capítulo, repetido todos os anos.
Felizmente há um antídoto para a aceleração do tempo: *M & M* *(Mude e
Marque).** **
**
Mude, fazendo algo diferente e marque, fazendo um ritual, uma festa
ou** **registros
com fotos. ***
Mude de paisagem, tire férias com a família (sugiro que você tire férias
sempre e, preferencialmente, para um lugar
quente, um ano, e frio no seguinte) e marque com fotos, cartões postais e
cartas.** ****
Tenha filhos (eles destroem a rotina) e sempre faça festas de aniversário
para eles, e para você (marcando o evento e diferenciando o dia).
Use e abuse dos rituais para tornar momentos especiais diferentes de
momentos usuais. *
Faça festas de noivado, casamento, 15 anos, bodas disso ou daquilo,
bota-foras, participe do aniversário de formatura de sua turma, visite
parentes distantes, entre na universidade com 60 anos, troque a cor do
cabelo, deixe a barba, tire a barba, compre enfeites diferentes no Natal, vá
a shows, cozinhe uma receita nova, tirada de um livro novo. *
**
Escolha roupas diferentes, não pinte a casa da mesma cor, faça diferente.**
*
Beije diferente sua paixão e viva com ela momentos diferentes.
Vá a mercados diferentes, leia livros diferentes, busque experiências
diferentes. ***
Seja diferente.*
Se você tiver dinheiro, especialmente se já estiver aposentado, vá com seu
marido, esposa ou amigos para outras cidades ou países, veja outras
culturas, visite museus estranhos, deguste pratos esquisitos.. ... em outras
palavras.... .. *V-I-V-A. !!!*
Porque se você viver intensamente as diferenças, o tempo vai parecer mais
longo.
E se tiver a sorte de estar casado(a) com alguém disposto(a) a viver e
buscar coisas diferentes, seu livro será muito mais longo, muito mais
interessante e muito mais v-i-v-o... do que a maioria dos livros da vida que
existem por aí.
Cerque-se de amigos.
Amigos com gostos diferentes, vindos de lugares diferentes, com religiões
diferentes e que gostam de comidas diferentes.
Enfim, acho que você já entendeu o recado, não é? ***
Boa sorte em suas experiências para expandir seu tempo, com qualidade,
emoção, rituais e vida. *
E S CR EVA em *tAmaNhos** *diFeRenTes e em CorES*
di f** E rEn **tEs* *!****
CRIE, RECORTE, PINTE, RASGUE, MOLHE, DOBRE, PICOTE, INVENTE, REINVENTE.... .
** *

Presente de Adriana minha querida filha Espiritual dona do Blog Espirita na Net, confiram vale a pena.

“Quantas existências, quantos corpos, quantos séculos, quantos serviços, quantos triunfos, quantas mortes necessitamos ainda?” André Luiz


UM BOM E MARAVILHOSO FIM DE SEMANA A TODOS E TODAS QUE POR AQUI PASSAM que Deus que é Pai e Soberano de nossas vidas nos abençoe!Amém!...

ROSANE!


9 comentários:

  1. Nossa, mãezinha! Agora que eu vi como estou lendo pouco ultimamente! Bom, na verdade lendo poucos livros, porque os blogs ganham uma leitura quase que diária, então tá valendo, né?

    Adorei as suas dicas de livros, vou guardar!

    Beijão querida, que você tenha um final de semana repleto de luz e paz no coração!

    ResponderExcluir
  2. Nossa Rô você já leu todos esses livros? Parabéns...por enquanto estou tentando terminar de ler as viagens de Guliver. BOm final de semana amiga. Bjks....Ah já estou melhor daquela queda..mas minha escoliosa veio com o frio e comecei ioga...bjks

    ResponderExcluir
  3. Oi Rô querida!!!

    Nossa, quanto livro bom, adorei as dicas, mas confesso que fiquei mais interessada no primeiro, sou fã de Paulo de Tarso!! Que homem maravilhoso!!

    Ah, essa mensagem do cérebro é muito legal, né? Que bom que vc gostou!

    Olha, quero agradecer seu carinho de sempre comigo, palavras não podem expressar, viu?

    Tenha um maravilhoso final de semana também, mil beijos!!!

    ResponderExcluir
  4. Ain, vovó, ainda não li nenhum livro desses que você indicou... =/
    Mas adorei as dicas! O primeiro deles que vou ler vai ser Médico de Homens e de Alma, não vai dar pra ler logo, mas assim que der eu leio e conto pra senhora o que achei, viu?

    Que Deus a acompanhe nessa sexta-feira... Beijinhos!

    Ah... Com licença... Vou viver e já volto!

    ResponderExcluir
  5. Fiquei curiosíssima para ler o livro sobra a vida de Paulo. Eu sempre leio as histórias dele na bíblia e o admiro muito!!
    Voinha,
    um abração pra senhora!!!
    Beeeijos,
    te amoooo!!!

    ResponderExcluir
  6. Boas dicas vó,ler sobre Paulo é algo que sempre encanta.Gosto muito deste personagem biblico.

    Um grande abraço e como dizia Paulo:
    "Que nada nos separe do amor de Cristo"

    ResponderExcluir
  7. Oi Ro!
    Excelentes dicas de leitura!
    Acabo de ler "A menina que roubava livros" Marcus Suzak, muito bom, tambem recomendo!
    Um abraco

    ResponderExcluir
  8. Rô,

    gostei demais das suas dicas de leitura, e, parece que ler um pouco mais sobre a vida do apostólo Paulo é a minha próxima pedida!!!
    Muito obrigada!!!
    Desejo um excelente final de semana, com tudo diferente....
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Você lê bastante né. Que legal! E até fiquei com a idéia de também postar as coisas legais que estou lendo/lerei.

    Alguns livros (os três primeiros) me chamaram a atençao. Já está anotado.

    Boa noite!
    Inté!

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails