domingo, 29 de junho de 2008

- DIALOGAR -

Todo ser humano traz em si uma profunda necessidade de auto-afirmação. Todos desejam a valorização por parte dos demais, porém, essa necessidade – de ser aceito e de se afirmar diante da vida – precisa trazer em si certa medida de equilíbrio e maturidade, pois, quando não é assim, tendemos a agir puramente aprisionados por nossos instintos.
Todo mundo quer ser acreditado, todos querem ter a razão e a verdade em sua conduta. Por vezes, queremos que nossa maneira de pensar seja acolhida pelos demais, mas, precisamos ter a consciência de que nem sempre estamos certos, e que não podemos exigir que nosso modo de pensar seja acolhido por todos como verdade absoluta.
As grandes catástrofes da humanidade se deram quando alguém ou um grupo específico fecharam-se apenas em um ponto de vista isolado, não se abrindo a outros focos de visão e acreditando serem os únicos donos da verdade.
Muitos são peritos em defender sua própria verdade, mas, verdadeiramente maduro é aquele que sabe ouvir e acolher o ponto de vista dos outros, abrindo-se ao diálogo e reconhecendo que os demais também têm coisas boas a ensinar e a oferecer, e, que, por esta razão merecem ser respeitados.Todos têm algo a nos ensinar, o ponto de vista alheio contempla realidades não percebidas por nós.
É feliz quem sabe ouvir e acolher o que outro expressa, pois tal atitude faz com que sejamos pessoas mais completas, rompendo assim as barreiras do egoísmo que nos fazem acreditar que somente nós estamos certos.
Ouvir é uma virtude, e por meio do diálogo alcançamos grandes progressos.A vitória mora na humildade, que sabe abrir mão de suas próprias razões, para que o outro seja um pouco mais, assim o consenso acontece e ambas as partes são capazes de crescer.
Quem sabe perder e ceder nas pequenas coisas, conquistará grandes realizações. Compreendamos isso e construiremos significativas conquistas em nossa história.

FONTE: Adriano Zandoná (Canção Nova)





Dialogar

A criatura humana é um ser coletivo, por excelência. Ela necessita de comunicar-se constantemente com os outros. Quando foge, isolando-se do contato com o semelhante, embrutece-se.

Momentos há, em verdade, que necessitamos ficar a sós, fechando-nos em uma introspecção sadia, numa auto-análise do próprio mundo íntimo, a fim de nos conhecer melhor. Tais ocasiões, mais exceção que regra, é que nos tornarão capazes de entender e conviver com os demais em sociedade.

Uma das atitudes mais simples e essenciais ao ser humano é dialogar.

Quando conversamos, estabelecemos contato vital com o mundo à nossa volta.

Dialogar é a maior fonte de prazer que possuímos.

Através deste intercâmbio, transmitimos experiências e absorvemos as dos outros, o que nos será muito útil.

Além do enriquecimento pessoal, avaliamos nossos sentimentos de solidariedade e cooperação. Reportamo-nos aqui aos diálogos construtivos e enobrecedores.

Não desperdice os diálogos e incentive-os na própria vida.

Autor:Do livro "Pequenas Atitudes", de Joamar Z. Nazareth, Minas Editora, 3a. edição, 2005.

2 comentários:

  1. Adoro teus temas Rô, sempre muito instrutivos, pena que sepre estou correndo, adoraria ler todo o post abaixo sobra a silidao, mas tô cansada e precisando dormir, por isso te digo, boa noite...e quando eu puder volto aqui minha amiga, beijos;
    Liz

    ResponderExcluir
  2. Oi Rô!
    Adorei esse post.

    A primeira parte me fez lembrar de um livro que eu li há dois anos: Como fazer amigos e influenciar pessoas, do Dale Carnegie. Uma leitura edificante que me ensinou a compreender o outro, a realmente me colocar no lugar do nosso semelhante.

    A segunda parte que é sobre dialogar é fundamental para o relacionamento humano, quem não sabe ouvir e quem não sabe colocar para fora suas emoções e sentimentos têm ou terá sérios problemas de convívio.

    Parabéns e obrigada por mais essa contribuição.

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails