quinta-feira, 3 de abril de 2008

Poema e uma brincaderinha!!!

Descobri passendo pelo net esse escritor Português, que lindas suas poesias, não o conhecia e quero compartilhar com aqueles que ainda não o conhecem.

E também recebi de uma amiga essa gostosa brincaderinha, bom para relaxar um pouquinho.



António Gedeão - Pedra filosofal
Fonte de informação - http://www.astormentas.com/din/biografia.asp?autor=Ant%F3nio+Gede%E3o


Eles não sabem que o sonho é uma constante da vida tão concreta e definida como outra coisa qualquer,como esta pedra cinzenta em que me sento e descanso,como este ribeiro manso,em serenos sobressaltos como estes pinheiros altos que em verde e ouro se agitam como estas aves que gritam em bebedeiras de azul.
Eles não sabem que o sonho é vinho, é espuma. é fermento,bichinho alacre e sedento.de focinho pontiagudo,que fossa através de tudo num perpétuo movimento.
Eles não sabem que o sonho é tela, é cor, é pincel,base, fuste, capitel.arco em ogiva, vitral,pináculo de catedral,contra ponto, sinfonia,máscara grega, magia,que é retorta de alquimista,mapa do mundo distante,rosa dos ventos.

Infante,caravela quinhentista,que é Cabo da Boa Esperança,ouro, canela, marfim,florete de espadachim,bastidor, passo de dança,Colombina e Arlequim,passarola voadora,para-raios, locomotiva,barco de proa festiva,alto-forno, geradora,cisão do átomo, radar,ultra som televisão desembarque em fogue tão na superfície lunar.

Eles não sabem, nem sonham,que o sonho comanda a vida.Que sempre que um homem sonha o mundo pula e avança como bola colorida entre a mãos de uma criança.





A Brincaderinha - relaxe pode clicar eu já cliquei -

Seu nome no gelo (muuuuito legal)... mas aguarde um pouco. Digite o seu nome espere um pouco e... surpresa ... Só não pode acentuar.
Apenas cliquem no link abaixo. coloque seu nome e cliquem em submit:
http://www.star28.net/snow.html


8 comentários:

  1. Rô, muito lindo o post sobre o sonho, amei!

    E essa brincadeirinha eu já tinha feito uma vez - adorei brincar de novo! Eu sou apaixonada por esses bichinhos, se eu pudesse, teria um em casa! auhauahauhauahauaha

    Beijos mãezinha do coração, te amooooooooooooooo!!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Rô!!

    Adorei esse post. Que imagem mais linda, essa da mão! Vou pegar pra mim, tá? ;)

    Ahhh, adorei a brincadeirinha! Que fofo o pinguim!! Muito legal, obrigada pos compartilhar conosco!!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro esse poema do Gedeão, Rô! E a canção? Linda...tão melancólica.
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Hehe, eu também gostei da brincadeira, bom pra passar o tempo .. E que poema lindo esse, hein, eu ainda não conhecia esse autor ..

    Como você tá, vovó Rô, tudo bem ?? Espero que sim .. Eu tava meio doentinho por esses dias (parecia ser dengue, mas estou bom já graças a Deus) !!

    Espero que esteja tudo em paz contigo e se puder me dê notícias do xará, hehehehe .. Quando fico muito tempo sem vir aqui sinto saudades ..

    Fui convidado pelo Lucas do Blogosferrado a escrever o "Na Minha Opinião" de hoje, escrevi sobre o blog da Adriana .. Se tiver um tempinho vá lá dar uma olhadinha depois ..

    Beijão, vovó querida, fique com Deus !!

    ResponderExcluir
  5. Lindo post, querida Rô!!

    Eu adoro essa frase:
    "Eles não sabem, nem sonham,que o sonho comanda a vida.Que sempre que um homem sonha o mundo pula e avança como bola colorida entre a mãos de uma criança".

    Quanto a brincaderia eu já conhecia... É muito legal!!

    Rô, durante esse meu sumiço, nem perguntei da tua perna?? Como você está?

    Beijinhos Querida

    ResponderExcluir
  6. Oi querida, lindo post!
    concordo com você... Infelizmente o que é belo - nesse caso o espetáculo do Soleil - é para bem poucos e temos que nos contentar com pequenos trechos via net!
    Bjs e Bom final de semana
    Cláudia Pit
    http://claudiapit.zip.net

    ResponderExcluir
  7. Nossa, essa foi demais! Foi realmente uma surpresa.

    Beijos!

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails