sexta-feira, 25 de abril de 2008

O que será dos chamados" ANIMAIS RACIONAIS"


Uma das fotos mais conhecidas no mundo


Acordei hoje pela manhã e como sempre faço ligo meu rádio na CBN, e ouvi uma notícia desoladora, notícia essa que venho ouvindo a vários dias, falava sobre o alto preços dos principais alimentos básicos do tipo, arroz, feijão, trigo,óleo e por aí vai.
A poucos dias recebi por um outro blog que tenho uma matéria que fala sobre a fome e o aumento da pobreza no mundo por causa da auta de preços dos alimentos, por essa razão resolvi postar a respeito disso aqui em casa.
A Matéria

Alimento mais caro faz pobreza aumentar no mundo, diz estudo
REUTERS
WASHINGTON -
A alta global no preço dos alimentos atingiu os países em desenvolvimento de diferentes maneiras, dependendo se importam ou exportam comida, mas o fenômeno aumentou a pobreza em termos gerais, disseram economistas do Banco Mundial em um novo estudo.
- Não obstante certas variações quanto às commodities e aos países em pauta, o fato é que a maior parte dos países pobres são importadores de comida e como tais tendem a sentir mais os preços elevados dos alimentos - afirmaram os economistas Will Martin e Maros Ivanic em estudo que analisa a vulnerabilidade das populações de várias partes do mundo em vista da recente alta dos preços.
- Os casos de aumento da pobreza são consideravelmente mais frequentes e mais acentuados do que os de redução da pobreza - disseram.
Essas conclusões confirmam o que muitas autoridades -- e muitas pessoas comuns que enfrentam filas para conseguir arroz e pão - suspeitam há meses, período no qual a elevação do preço d
e alimentos básicos tornou mais difícil para as famílias pobres colocarem comida em suas mesas. O recorde de preços nos mercados de commodities - entre 2005 e 2007, o trigo subiu 70 por cento, o milho, 80 por cento, e os laticínios, 90 por cento - colocou manifestantes nas ruas de vários países, do Egito ao Haiti.
Muitas dessas nações passaram a restringir a exportação de produtos alimentícios, a baixar os impostos que incidem sobre eles e a acumular estoques domésticos, medidas que, segundo os analistas, servirá apenas para agravar o problema. A tendência de alta pode ser uma boa notícia para os produtores em países exportadores de alimentos, como o Brasil e os EUA, mas faz vítimas entre os países importadores e entre as pessoas mais pobres, que gastam cerca de três quartos de sua renda com a comida.
Em vista da disparada dos preços em 2007, os autores do estudo descobriram que a pobreza aumentou em uma amostra de países em desenvolvimento a uma média de 3,4 por cento nos lares urbanos e 2,1 por cento nos rurais. Na média, o estudo descobriu que a pobreza aumentou 2,6 por cento em nove países a respeito dos quais obtiveram dados confiáveis: Bolívia, Camboja, Madagascar, Malauí, Nicarágua, Paquistão, Peru, Vietnã e Zâmbia. Dentre os países analisados, o mais atingido foi a Nicarágua, onde a pobreza aumentou 10,7 por cento nas zonas urbanas, e 7,8 por cento no geral.
O aumento dos preços, que deve durar no mínimo vários anos, vem sendo incentivado p
or uma soma de fatores, entre os quais a elevação da produção de etanol a partir de milho, maior demanda por carne em países emergentes e as condições climáticas mais instáveis. A crise fez com que governos e organismos internacionais saíssem à cata de soluções. O Programa Mundial de Alimentação fez apelos por doações de comida e o Banco Mundial lançou um pedido urgente para que seja selado um 'new deal' para o setor agrícola. Alguns afirmam que o fenômeno sublinha a importância de se concluir um novo acordo mundial de comércio na rodada de Doha, coordenada pela Organização Mundial do Comércio (OMC).
Pesquisando mais um pouquinho:-
O aquecimento global fará com que milhões de pessoas passem fome por volta de 2080 e causará grave falta de água na China, Austrália e em partes da Europa e Estados Unidos. O quadro faz parte de um estudo sobre o clima global divulgado, em partes, nesta terça-feira (30).
Segundo o relatório da Painel Intergovernamental para a Mudança Climática, até o final do século as mudanças climáticas trarão escassez de água para até 3,2 bilhões de pessoas, com um aumento médio de temperatura na ordem de 2ºC a 3ºC.
O texto completo deve ser divulgado só em Abril. O estudo diz ainda que até 600 milhões de pessoas enfrentarão falta de alimentos até 2080. Países pobres, como os da África e Bangladesh, seriam os mais afetados, por serem os menos capazes de lidarem com secas e inundações litorâneas, também previstas pelos cientistas.
O Painel Intergovernamental foi criado em 1988 pela Organização Meteorológica Mundial e pelo Programa Ambiental da ONU para orientar as políticas globais sobre o aquecimento. O grupo deve divulgar na sexta-feira, em Paris, um relatório prevendo que até 2100 a temperatura média do mundo estará de até 4,5ºC acima dos níveis pré-industriais.
FONTE PESQUISA (Folha Online)
Essas matérias me fazem pensar o que faremos, sem água alimento vital para a sobrevivência da vida tanto do ser humano (animal racional) quanto dos animais irracionais(será?), digo será pois chego a conclusão de que um animal irracional apenas come para sobreviver, bebe água em quantidades suficientes para sobreviver, NÃO QUE O SER HUMANO NÃO DEVA BEBER ÁGUA, muito pelo contrário, já foi provado que devemos beber no mínimo dois litros do precioso líquido por dia, o que quero dizer é que os seres humanos"animais racionais", não paçam de meros esbanjadores, fazem da MÃE ÁGUA O QUEREM, não se importando com todo alerta QUE VEM SENDO DIVULGADO HÁ ANOS, jogam fora diariamente toneladas de alimentos,não se importando que dia virá que se arrependeram o terem feito. Os seres humanos "animais racionais", destruíram nossas matas, acabaram com os mais lindos e preciosas "animais irracionais", constroem máquinas e mais máquinas, não dando a mínima para a poluição.Cada vez mais os seres humanos"animais racionais" viram animais consumidores, querem mais e mais e mais. Os seres humanos "animais racionais" estão a cada dia de suas vidas acabando com suas vidas. E o que é pior acabando com a vida dos que estão por vir. Os seres humanos "animais racionais" estão a cada dia dando lugar ao vazio extremo do nosso planeta. As previsões são apocalípticas os ciências estão cansados de dar o alerta, fica as perguntas:-
Os que faremos? Dará tempo?
O que será que Deus estará a pensar de nós seres humanos criados a sua imagem e semelhança?
Se você quiser saber mais a esse respeito, para poder refletir sobre o que é que nós os SERES HUMANOS, OS SOBERANOS, CHAMADOS DE ANIMAIS RACIONAIS, estamos fazendo com o nosso planeta Terra, você chegará a conclusões alarmantes,você poderá encontrar nos seguintes endereços abaixo:-


Esse estudo vale a pena perder alguns minutos de seu precioso tempo para ler

6 comentários:

  1. É Rô, tudo culpa do livre-arbítrio do bicho-homem! Nossas riquezas naturais transformadas pela ganância e a soberba, milhares de crianças desnutridas num País tão rico...Não sei se consigo ser otimista em relação à alguma melhora. Acredito na união das pessoas que ainda tem algum tipo de consciência coletiva...quem sabe?

    Essa gripe me pegou de jeito! Ainda tô um caco... Mas vou descansar bastante no final de semana, aí vou melhorar com certeza! É que fui obrigada a vir trabalhar assim debilitada, então só piorei! Aff...

    Que você tenha um ótimo final de semana junto à sua família!

    Beijão, minha querida!

    (Obrigada por suas palavras sempre tão carinhosas lá no blog).

    ResponderExcluir
  2. Oi Rô!

    Mais uma vez, um grande post!

    Para mim o maior problema da humanidade é o egoísmo!...

    Enfim, seu post disse tudo. Fico muito triste, mas não perco as esperanças de dias melhores...

    Só fico um pouco indignada com certas coisas que vejo na TV - um certo político do nosso País afirmando que a alta dos preços dos alimentos é um indicativo de que os pobres do mundo estão comendo mais! Lamentável! Sem comentários!...

    Só Deus mesmo!...

    Beijos, bom final de semana!!! :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Rô!
    Andei sumida daqui por absoluta falta de tempo.
    Sobre o post eu tenho a dizer que eu acho um absurdo pessoas que jogam fora alimentos. O que sobra para uns, falta para outros.
    Hoje faltou comida aqui em casa, porque a secretária recebeu ordens expressas para não desperdiçar...
    Meu irmão e cunhada apareceram para almoçar sem avisar então, tive que improvisar: uma torta congelada foi colocada ás pressas no forno para alimentá-los.
    Cada um tem qe fazer a sua parte, e sempre digo isso.

    ResponderExcluir
  4. Eu também soube da notícia... Fico sempre chocada com essas manipulação política!!

    Alimento não falta, o que falta é respeito e amor pelas pessoas. Falta boa vontade política... aí que raiva :(

    ResponderExcluir
  5. Bom, a Du, a Adriana, a Tânia e a Lusófona, esgotaram o tema...
    Disseram tudo o que era preciso.
    Tudo o que eu disser a mais, ou não é relevante ou será mera repetição do óbvio.
    Parabéns pela abordagem.
    Gostei de te ver no "Gente Sem Saúde"...
    Beijão e boa semana!

    ResponderExcluir
  6. É revoltante saber que pessoas passam fome quando há tanta riqueza nas mãos de poucos.
    Parabéns pelo post. Ficou ótimo.

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails