terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Minha solidariedade pelo caso Ana Virginia

DIREITOS HUMANOS
O ração em tempo de quaresma
Pai coloca nos meu lábios e no meu coração as plavras ensinadas po Jesus aos dicípulos, pois elas são a melhor maneira de eu me dirigir a ti.


Não sei com começar este post de hoje. Talvés por ter horror a injustiça.


Lendo no blog do Juca, e também por já ter lido em outros blogs, resolvi também me engajar na luta desta Família, que tanto deve estar sofrendo com a injustiça que stá sendo feita com essa filha, prejudicando tanto seu filho moral e psicologicamente.


O texto abaixo é do meu amigo e irmão Juca do blog Lavanderia Virtual como disse acima, leiam por favor...





Ontem, ao acessar a internet, deparei-me com uma manchete no rodapé do portal UOL. O título dizia: "Brasileira é acusada por morte de filho em Portugal". No mesmo instante, pensei: "Só pode ser sobre o caso da Ana Virgínia Sardinha". Cliquei no link e, bingo, era exatamente sobre o caso dela.

Li avidamente toda a matéria na esperança de que algum milagre mudasse o rumo da história de Ana Virgínia Moraes Sardinha, mas foi pura ilusão de minha parte. Entretanto, um fato novo surgiu: o julgamento do caso da brasileira foi marcado para meados deste mês, segundo aquela reportagem.

Com o julgamento, Ana Virgínia passará por novas provações, mas agora ela poderá contar com um pouco de justiça e, quem sabe, também um pouco de humanidade e humildade por parte dos senhores juízes portugueses.

Vou destacar aqui um trecho da reportagem que me revoltou e causou estranheza, para dizer o mínimo. Esperava uma atitude mais enérgica e prática de um membro do Governo brasileiro, não uma sessão de "lambe-botas" ao Governo português:

Em uma recente visita a Portugal, o ministro da Justiça brasileiro, Tarso Genro, conversou com o ministro português da Justiça sobre o caso e afirmou que está satisfeito com os esclarecimentos oficiais.



A resposta do excelentíssimo senhor ministro brasileiro da Justiça:

"As informações que nós recebemos são satisfatórias. O tratamento que está sendo dado a esta brasileira é um tratamento adequado dentro do sistema legal português. Nós aceitamos estas informações que decorreram de um inquérito, de uma investigação feita pelas autoridades do Estado português." (grifo meu)

Depois dessa, só resta à Ana Virgínia que seu julgamento seja isento de qualquer espécie de preconceito, que seja dado tratamento humano diferente do que teve na famigerada prisão portuguesa. Enfim, que seja JUSTO e que realmente se faça JUSTIÇA!

Faço minhas as palavras do meu amigo Juca, e assino em baixo a todos os comentários já lidos pelo caso Ana Virginia!!!

Sendo assim o mínimo que esperamos é que justiça seja feita, e que todo esse pesadelo acabe, que Ana volte para casa e possa dar continuidade a sua vida, pois nem poder chorar a morte de seu filho ela teve o direito. Vamos orar juntos por Ana Virginia, é ominimo que podemos fazer.
Para saber mais sobre o caso Ana Virginia é só clicar aqui ou no blog da Luci
que também fez este imagem da Justiça cega acima, ou Direitos Humanos


E POR FAVOR , A TODOS QUE POR AQUI PASSAREM EU PEÇO DIVULGUEM EM SEUS ESPAÇO ESTE CASO, ESSA INJUSTIÇA DA JUSTIÇA PORTUGUESA!!!

2 comentários:

  1. Como já disse no blog do Juca, que a justiça neste caso não seja "cega"!
    E que Ana vença essa batalha!

    Beijos minha querida!
    Te amo

    ResponderExcluir
  2. Rô, que bom que também entrou nessa corrente do bem, em favor da Ana Virgínia! Quanto mais gente postando sobre o assunto e se unindo em pensamento positivo para que seu julgamento seja justo, mais rápido ela estará de volta ao lar e aos braços de sua família!

    Obrigado pelo engajamento! Fui ao blog da Luci agora e ela confirma num post que o julgamento começou hoje!

    Beijos!

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails