quarta-feira, 7 de março de 2012

O PODER DA PROMESSA DIVINA




O PODER DA PROMESSA DIVINA
“Toda vez que o arco-íris estiver nas nuvens, olharei para ele e me lembrarei da aliança eterna entre Deus e todos os seres vivos de todas as espécies que vivem na terra.” (Gênesis 9:16)
Quantas vezes você parou para olhar – e até chamou outros para olharem também – o magnífico arco colorido revelado pela dispersão das nuvens após uma tempestade? Sempre objetos de admiração, os arco-íris são criações surpreendentes que, embora desapareçam tão rapidamente quanto surgem, alegram-nos o coração quando sua inesperada luminosidade afasta as nuvens cinzentas
Esse arco colorido nos liga, retroativamente, a nosso ancestral Noé, ao momento pós-dilúvio em que Deus fez uma promessa, uma aliança, de que jamais voltaria a destruir a terra por esse meio. Muitos estudiosos crêem que, nos dias de Noé, o povo nunca tinha visto chuva – que, em vez disso, a terra era irrigada por nascentes profundas. O dilúvio ocorreu quando “todas as fontes das grandes profundezas jorraram, e as comportas do céu se abriram” (Gn 7:11). A chuva desceu dos céus – e continuaria a cair pelo restante das eras. Noé, entretanto, não precisava temer a próxima vez em que nuvens de chuva surgissem, porque Deus fizera uma promessa. A chuva se acalmaria e o arco-íris apareceria. Este sinal visual seria um lembrete constante de que Deus sempre cumpre suas promessas.
O que isso tem a ver com oração? Tudo! Ao orar, reafirmamos nossa fé em que Deus cumpre suas promessas. O que dizemos em voz alta, ou silenciosamente no coração, proclama a verdade das promessas de Deus sobre as quais ouvimos ou lemos em sua Palavra. Você já percebeu que, se não estiver bem e insistir em expressar pensamentos negativos em voz alta, tende a senti-los com mais intensidade? O mesmo se aplica à crença nas promessas de Deus.
Quando expressamos a verdade sobre Deus e sobre suas promessas, e ao mesmo tempo nos recusamos a crer nas mentiras do inimigo, nossa crença em Deus se fortalece. Isso não quer dizer que devemos negar a existência de um problema ou de dificuldades, mas que sua interpretação pode ser diferente. Satanás deseja que acreditemos que Deus nos abandonou e renegou suas promessas. Deus, porém, quer que saibamos que suas promessas são sempre verdadeiras, apesar do que possamos ver da limitada perspectiva humana. Ao afirmar em oração nossa crença em suas promessas, nos dispomos a ver bem mais da perspectiva de Deus e bem menos do ponto de vista do inimigo.
Da próxima vez em que você admirar um arco-íris nas nuvens, faça uma oração de agradecimento a Deus por sempre cumprir suas promessas.
Leia Gênesis 9:8-17 e reflita!
fonte aqui

Beijos meus, cheios de ...
luz, paz, amor fé e esperança!

4 comentários:

  1. Querida,lindo teu post.Agradecer faz bem para alma e nos ajuda a valorizar a vida.
    Rô, nesta semana em que se comemora o Dia Internacional da mulher deixo aqui meu carinho e mil flores para enfeitar tua caminhada.Felicidades e na tua alma a eterna primavera. Bjs. Eloah

    ResponderExcluir
  2. Rosangela
    eu aprecio o arco iris sempre e muitas vezes faço oraçoes, mas faço diariamente ao por do sol maravilhoso das belas cidades
    com amizade e carinho de Monica

    ResponderExcluir
  3. Rô, um dia te conto em off a última vez que vi um arco-íris e porque agora, todas as vezes que ver ou saber qualquer coisa sobre arco-íris, vou me lembrar dessa ocasião marcante. O que seria o dia mais triste da minha vida, Deus mandou para mim um arco-íris. Beijus,

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails