quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

"A culpa" pense nisso...

"Para algumas pessoas é cabível somente uma culpa, pensar que a culpa é sempre dos outros."
 
 A culpa é um dos problemas psicológicos mais difíceis de tratar, pois é internalizada em nossa cultura como uma virtude. Algumas pessoas estão sempre em débito com os outros e consigo mesmas.
Tornam-se tristes pelos erros cometidos e, muitas vezes, entram em depressão por algo que fizeram ou deixaram de fazer. É assim que se perde a inteireza da vida.

É triste ver que a maioria das pessoas não está na vida para desabrochar o seu potencial, mas para cumprir uma imagem idealizada de como deveriam ser.Não podem transgredir as regras impostas pela sociedade e, quando isso acontece, são atormentadas pela culpa.

O problema é que grande parte das pessoas ignora que o erro faz parte da vida, já que somos incompletos. Sempre erramos e sempre erraremos. Muitos dos avanços do mundo e da evolução da humanidade se deram a partir do erro. Algumas vezes é preciso tropeçar para aprender o caminho certo, pois a nossa transformação vem da consciência do erro.

O erro é nosso mestre, é o que nos faz crescer. Se aprendermos com ele, nos abrimos para novas oportunidades na vida. Já a culpa paralisa,amordaça. Se julgarmos o tempo todo, a vida é desprezada em sua totalidade. Não há espaço para crescimento. Sempre que saímos de um padrão estabelecido por nossos pais, nossa cultura, nos sentimos culpados. A culpa é uma dependência infantil. É a voz de alguém dentro de nós que nos acusa quando saímos de algum padrão. Embora não saibamos, esta voz foi internalizada quando criança.

É a voz do pai, da mãe, da professora, do padre etc. E quem sente muita culpa gosta de culpar as outras pessoas. E as relações se deterioram pela tentativa de produzir culpa no outro. É por isso que as pessoas se justificam tanto. Abrir mão da culpa é abrir mão do controle que queremos exercer sobre o outro. É abrir espaço para o amor, pois a culpa é a inimiga dos relacionamentos. É a forma de ficar preso ao passado. É viver de costas para a vida. As pessoas deprimidas são cheias de culpa. Estão na vida para não errar e não para viver.     
 fonte aqui
 
Beijos de luz, paz, amor, fé e esperança!
Rsosane!

 

4 comentários:

  1. Olá minha querida, ando sumida...tenho corrido bastante atrás do neto. Mas não esqueço dos amigos, minha vida só voltará ao normal em fevereiro quando eu voltar para o Congo. Mas sempre que puder a visitarei. A culpa realmente é um sentimento destrutivo. Beijocas!

    ResponderExcluir
  2. Oi, querida
    A culpa não nos leva a lugar algum... só nos faz regredir... òtimo post!!!
    Bjs de boa noite.

    ResponderExcluir
  3. Fui criada pra assumir e corrigir erros...a pratica faz com que vc faça isso com mais tranquilidade !!Mas realmente é mais facil apontar não é ?!!

    Beijos ")
    http://meninacajuina.blogspot.com/
    http://deliciasdaclarisse.blogspot.com/
    http://descobertasdela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. A culpa, sentimento que não nos faz seguir em frente, ficamos agarrados à culpa. Tens razão, a culpa paraliza.
    Beijos.

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails