terça-feira, 8 de junho de 2010

" - COLCHA DE RETALHOS DE SONHOS - " POR Paula Rosemai Sampaio Oliveira"

imagem aqui

Colcha de retalho de sonhos

A vida de cada pessoa é uma colcha de retalho de sonhos. Cada acontecimento, cada fase dessa vida compõe um pedaço de retalho. E a cada ano que se acrescenta a vida, um novo pedaço se alinha nos outros retalhos e colcha vai sendo construída, ela nunca está pronta, sempre está faltando um retalho. Mas, depois de alinhado um pedaço de retalho, nunca mais poderá ser retirado. Então, é importante aprender a escolher cuidadosamente os retalhos que serão alinhados a colcha de retalhos de sonhos. Eles não podem ser modificados, mas podem ser re-significados, buscando em nos novos retalhos nuanças que iluminem e direcionem a novos caminhos. O retalho alinhado, às vezes por acidente de percurso, está lá, sabe-se que existe, e muitas vezes é preciso tocá-lo, senti-lo. Viver a dor da sua lembrança, sem deixar, porem que nesse ponto, a colcha de sonhos pare de crescer e se perca.

Existem colchas enormes, coloridas e de tão belas, são capazes de encantar e seduzir a quem olhar. São vidas cheias de alegria e de amor, que com cuidado vão alinhando seus sonhos e construindo suas histórias. Podem nunca a vir a ser manchetes de jornais, podem não ter uma conta bancaria de dar inveja, um casamento de sonhos, uma família exemplar. Muitas vezes são vidas anônimas, desconhecidas. Mas, no entanto, são vidas que fazem a diferença. E nessa diferença tornam o mundo mais bonito com a sua presença.

Existem colchas, no entanto, que quanto mais se alinham retalhos, e os anos vão passando, menores vão ficando e desbotando seu colorido, acabam tornando-se quase invisível. Vidas sem sonhos, que na busca de parecer, esquecem de viver. Não conseguem criar novos retalhos e repetem os mesmos durante anos e alinham-se a dor, a tristeza e a decepção. Vida sem encanto, sem sentido e sem sabor que caminham lentamente em direção a doença e a morte.

A colcha de retalho de sonhos é única, apesar de ter vários pedaços alinhados, ela compõe o todo de cada ser. Existem retalhos que falam da profissão, retalhos que falam da família, retalhos que falam de amor, outros que falam dos encontros e desencontros. Existem retalhos que não falam, esses são os mais perigosos, porque podem afetar toda história do individuo e da humanidade.

Feche os olhos e pergunte ao seu coração: como é a sua colcha de retalhos de sonhos?

Qual o seu sonho? A quantos retalhos da colcha você dedicou aos seus sonhos? Algum poeta sonhador um dia afirmou que “a gente não envelhece com o passar dos anos, e sim quando para de sonhar”. Outro disse que “a morte vem quando o sonho acaba”. Então, qual é o seu sonho?

Existem sonhos de olhos abertos e sonhos de olhos fechados. Os sonhos de olhos fechados descansam o corpo e a mente, mas são os sonhos de olhos abertos, alimentam a alma. São eles que dão significado a nossa vida e iluminam a nossa caminhada.

Sonhar – desejar profundamente que algo aconteça, aspirar, pensar e caminhar passo a passo na direção desse sonho, fortalece o sistema imunológico, acrescenta entusiasmo e torna o ser humano mais feliz.

Paulo Coelho escreve que “é a possibilidade de realizar um sonho, que torna a vida mais interessante”. Uma vida sem sonhos, torna-se desprovida de sabor. Eles são, o que leva os grandes nomes da história, modificar o destino. Foi o Sonho de Jesus em salvar a humanidade, que solidificou o cristianismo e tem feito transformações até hoje. Foi o Sonho de Gandhi de combater a violência, que o fez grande pacificador e que nos tem ensinado muitos anos mesmo depois de sua morte. Foi a persistência de Nelson Mandela que modificou a história da África. São os sonhos de gente anônimas que com pequenas atitudes, fazem grandes transformações, que nos enchem de esperança mesmo num mundo tão materialista.

Então, qual o teu sonho? Ainda existem os que afirmam que existem sonhos pequenos e sonhos grandes. Os sonhos pequenos são aqueles que ao serem alcançados só fazem os donos deles felizes. Já os sonhos grandes, são aqueles que modificam a história da humanidade, que fica registrado muitos anos após sua concretização e requer persistência e coragem para irmos em direção a ele.

Qual o teu sonho? Você tem tido tempo para sonhar ou as síndromes do mundo moderno tem tirado de você a possibilidade de sonhar?

 "Por::..
Paula Rosemai Sampaio Oliveira"



Bom dia para você!
Construa sua colcha de retalhos e sonhe. Seus sonhos com certeza se realizaram desde que você corra atrás deles.
Modifique sua vida ela é preciosa!
Beijos!



2 comentários:

  1. Oi Ro, esse texto é maravilhoso..obrigada por compartilhar!
    E como andam as coisas? o filhao já veio pra California?
    Por aqui está bem quentinho..um clima bem gostoso...
    Querida, tenha uma linda e criativa semana!
    beijinhos carinhosos
    So

    ResponderExcluir
  2. Que linda colcha de retalhos, voinha!

    Precisamos sonhar e acreditar em todos os sonhos, pois eles abraçam a realidade!!

    Voinha eu te amo!!!

    Vó, hoje é niver do papai, tem bolo para ele nos meus 2 blogs, rsrs...

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails