segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

"Presente de Amigo, sempre Amigo"


nunca deixar de ser criança, alegria e sonhos de crianças

imagem aqui


SONHOS DE CRIANÇA


**Iraima Bagni


Fiquei sabendo que você cresceu e já não acredita mais em Papai Noel.
Como pode esquecer daquele tempo de criança, onde a fantasia reinava?

O tempo em que você antes de se deitar, colocava seu sapatinho na janela
E acordava cedinho, na esperança de encontrar o
presente que Papai Noel lhe deixaria?

Hoje, seus sonhos são outros...
Cadê a "sua " criança?
Perdeste-a ao longo da vida?
Não estará ela escondidinha no seu coração?

Procure-a !

Ela ainda vive dentro de você!
Não deixe que seus sonhos morram!
A fantasia nos faz viver, sonhar, desejar...

Coloque seu sapatinho na janela!
Faça seu pedido!
Talvez ele demore um pouco a se realizar
Mas a vida já te ensinou que tudo tem seu tempo
E você já aprendeu a esperar, a ter paciência...

Já aprendeu que se seu pedido não se realizar
Pode já ser um grande presente,
Pois, nem tudo que queremos é para o nosso bem.

Então, pegue seu sapatinho da esperança
Coloque-o na janela do desejo
E aguarde para que seus sonhos
Se tornem realidade.

Depois sorria, compreenda, de pulos
E agradeça seu presente de Natal!
E seja muito, muito FELIZ!!!!!!!!!!!

Presente do amigo Zé Carlos::..

.: Blog: A Casa do Zé Carlos
http://zecarlosmanzano.blogspot.com/
.: Blog:Almas Douradas:



Tenha uma semana repleta de bençãos e graças que vem do Senhor nosso Deus!
Beijos!
Rosane!





3 comentários:

  1. Sejamos sempre uma esterna criança!
    Boa semana para você!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. ROSANE, uma ladainha é pouco, para lhe dizer o que minha alma está sentindo, mas esta mesma ala glorifica o meu DEUS MEU SALVADOR.
    Mesma nesta tempestade, amiga querida, eu recebo a PROVIDENCIA, que sossega meus pensamentos afastando os medos. O BLOG ESTÁ CADA DIA MAIS LINDO.
    Beijos e avante vitoriosa
    Suelly

    ResponderExcluir
  3. Rô querida, o texto me levaram para as lembranças de minha infância. Sempre fui muito calminha, parecia até "mosca morta" de tão quieta. Mas no Natal eu teimava que Papai Noel existia. Colocava meus sapatos na janela, minha avó tirava. No outro Natal colocava em baixo da cama e nada de presente, no outro colocava lá fora, na área de serviço. Minha avó sempre pegava meus sapatos e colocava pra dentro. Assim Papai Noel não conseguia encontrá-los para deixar os presentes. Não adiantava minha mãe dizer que ele não existia. Pra mim ele só não conseguia era encontrar meus sapatos. Era por isso que eu não ganhava presentes.
    Que Deus continue te iluminando e te dando força. Feliz NATAL e um 2010 cheinho de alegrias diárias.
    Saúde e PAZ
    bj bj bj

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails