terça-feira, 22 de setembro de 2009

Primavera...

Por :PENHA DE CASTRO
São Luís, MA



“DONA DA PRIMAVERA.”


Antes do sol raiar a mulher amanhece
Com cheiro de café tempera o dia
Com afago desperta a cria
Com um beijo difunde o riso

Começa a luta
Lá fora o batente a espera
Ocupa o lugar que antes não era dela
Causando espanto nos olhos de quem a desdenha.

Antes era só linda.
Hoje sabe, mais ainda...
E ensina.

A primavera lhe pertence
Não lhe foi dada, foi conquistada.
As que apanharam, as que foram torturadas.
As que sofreram abusos, as que foram assassinadas.
As que foram descartadas ou trocadas.
As que tiveram o coração dilacerado:
As mães da praça de maio
Ou dos meninos da candelária,
Maria da Penha, Margarida, Maria Mineira Naê,
Olga, Joana D’arc, Maria, a mãe do nazareno sacrificado.
A operária,
A mãe solteira,
A desempregada,
A prostituta desvalida,
A doméstica confundida,
A dona de casa, a subordinada.

As que receberam flores,
Têm sua primavera!
As que cultivam o jardim,
Têm sua primavera!
As que simplesmente colhem,
Têm sua primavera!
Até as que desfolham um mal-me-quer,
Também têm sua primavera!

No fim da tarde para casa retorna,
Um outro trabalha a espera
É o filho que chora inconformado,
Enquanto a casa e o mundo estão às avessas.

A mulher chora por qualquer bobagem:
Pelo marido que saiu só para comprar um cigarro e não voltou,
Pelo filho que tem febre,
Pelo pão que falta,
Pela oportunidade que não veio,
Pelo carinho que com o tempo foi se perdendo,
Pela dor de cabeça que só ela sente,
Por que só ela se aborrece,
Só ela lembra a data do aniversário de casamento,
Só ela quer discutir a relação,
Só ela controla os gastos...
Então ela chora
Porque tem coragem,
Porque ela pode,
Porque ela quer,
Porque ela consegue

A mulher chora...
E depois adomerce!


fonte aqui::..


Feliz início da Primavera que chega hoje às 18,18 hs!
Beijos e beijos para você!
Rosane!





“Não sou como a abelha saqueadora que vai sugar o mel de uma flor, e depois de outra flor. Sou como o negro escaravelho que se enclausura no seio de uma única rosa e vive nela até que ela feche as pétalas sobre ele; e abafado neste aperto supremo, morre entre os braços da flor que elegeu.”
Roger Martin du Gard







10 comentários:

  1. E eis que a primavera finalmente chegou e cheia de poesia, hein voinha?!! Eu gosto da primavera!! gosto das flores, do perfume, dos pássaros que cantam todos os dias em minha janela. Ficamos mais apaixonados e tudo parece ter um colorido especial!!
    Que venha a primavera!!
    Beijos voinha!!
    Te amo

    ResponderExcluir
  2. Chegou a estação das flores e com ela o maravilhoso som dos pássaros
    Com carinho Monica

    ResponderExcluir
  3. Olá, Rô!

    Não tem como não fazer associação entre a mulher e a primavera.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Rô,

    Estou promovendo a blogagem coletiva "Professores do Brasil". Para participar é fácil. Ficaria feliz se você participasse.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Lindo e emocionante ese texto,Que tua primavera seja cheia de perfumes e cores!beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. Tô passando pra avisar que tem um selinho pra vc lá no meu blog!

    Maura

    ResponderExcluir
  7. Eu antes tremia por não saber colar, mas agora que aprendi estou adorando. Posso ter todos que agora sei o que fazer
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  8. Oi, Rô! Que bom receber tua visita! Chegaste com a primavera trazendo alegria. Que a tua primavera seja muito feliz!
    Estou saindo por um tempo, mas eu volto, se Deus quiser.
    Bjim.

    ResponderExcluir
  9. Rô,

    Estou voltando aqui para agradecer a sua adesão à blogagem coletiva Professores do Brasil.

    Tenho certeza que sua contribuição será muito importante.

    Beijos e conte comigo, quando precisar, ok?

    Beijos e que Deus a abençoe.

    ResponderExcluir
  10. a Primavera é o início do ciclo da vida, onde a flor se abre para depois mais tarde vir a frutificar.

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails