sábado, 4 de julho de 2009

Obrigada meu querido esposo e obrigada ao Poeta Eduardos Santos(Portugal)

Passendo pela internet nessa manhã de sábado, encontrei esse maravilhoso Blog Português com o nome " RABISCANDO POESIA".
Desde que meu marido foi fazer a peregrinação até Aparecida SP, para cumprir um compromisso que ele fez com Nossa Senhora por ocasião de minha enfermidade. Bom estava eu a procura de uma singela homenagem a ele, e não é que Deus providenciou o que eu queria...
Vejam que linda poesia escrita pelo poeta e jornalista português Eduardo Santos.

Maravilhosa reflexão para aqueles que são movidos por uma fé inabalável.
Muito obrigada querido Poeta Eduardo Santos que Deus em nome de Jesus e de Maria Santíssima te abençoe.


meu esposo quase chegando a Aparecida SP Brasil


Peregrino
por Eduardo Santos
dono do Blog Rabiscando Poesia


Tu que calcorreias os caminhos
Com uma meta bem definida
Não te importas dos espinhos
Que te atraiçoaram a vida

No teu saco levas os pertences
No corpo pouca roupa vestida
Longos percursos tu vences
Com uma passada à medida

Por estradas ou caminhos estreitos
São tudo vias para palmilhar
Com o sol a fazer efeitos
Ou chuva que não pára de molhar

Sempre que segues sozinho
Sobra-te tempo para pensar
Até pisas muito de mansinho
Só para a calçada não magoar

Traças-te a rota bem cedo
Sabes que a distância é enorme
Mas isso não te causa medo
Mesmo quando te dá a fome

Dia após dia continuas andando
Não contas o espaço percorrido
Mesmo sentindo teu corpo cansado
Sabes que a viagem faz sentido

Pouco dormes nas noites escuras
Acordas pelo amanhecer
Recordas docemente as alturas
Da luta do teu sobreviver

No fim de tanto caminhar
Já sonhas alegres momentos
Mas ninguém pode adivinhar
A nobreza dos teus sentimentos

Calçado já não tens
Teus pés pisam o solo duro
Ouves murmúrios e desdéns
Mas caminhas sempre seguro

Finalmente chegas ao altar
Ajoelhas e agradeces a viagem
Em silêncio fitas a Senhora a orar
Teu coração recebeu a Mensagem



Essa poesia foi feita para os Devotos peregrinos de Fátima Portugal, mas creio se encaixa a todos os que com fé são peregrinos do Amor a Deus e a Devoção a Nossa Senhora.
Mais uma vez obrigada Eduardo Santos.

Bom sábado a todos(as)
Rosane!

5 comentários:

  1. Olá querida amiga. Sua visita foi uma surpresa, muito obrigado pelos amáveis comentários. De facto quando escrevi esta poesia foi pensando nos peregrinos, não apenas de Fátima, mas ainda de Santiago de Compostela, aqui ao lado na vizinha Espanha. Mas na verdade, ela é uma pequena homenagem que eu faço a todos aqueles que, movidos pela fé, tem a coragem de fazer a caminhada, por vezes de centenas de quilómetros e com tantas dificuldades. É uma prova de fé e amor, não duvido. Que a Senhora da Aparecida os proteja e conceda todas as graças que desejam. Eduardo.

    ResponderExcluir
  2. Rô, o vovô Barba merece esta homenagem linda!
    O poema realmente é belíssimo!

    Saudades de todos vocês!

    Abração bem grandão e obrigada por todo o carinho, minha mãezinha amada! Saudades, muitas!

    ResponderExcluir
  3. Belíssima homenagem!!

    Que Deus ilumine sempre o caminho de vocês!!

    Boa semana! Beijus

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails