quinta-feira, 5 de março de 2009

- FELICIDADE -




Esperimentar a alegria de Deus!

A felicidade pode ser definida como a sensação de contentamento espiritual que a acompanhrá em vitórias, perigos ou angústias da vida, dando-lhe equilíbrio, serenidade, paz de espírito e tranquilidade (Mat 5,3-12). A felicidade pode ou não estar relacionada com os acontecimentos de sua vida.
Em muitas ocasiões, os acontecimentos externos afetam nossas atitudes. Contudo, a felicidade é, também um ato da vontade(SL 144.15). Muitas coisas que "acontecem" na vida são motivo para nos sentirmos infelizes, mas temos o poder, por intermédio de Cristo, de reagir como quizer a isso. A felicidade é uma opção positiva potencial.
Jesus mostra algumas características, que geram felicidade(humildade, justiça, misericórdia, espírito apaziguador, Mt 5.8-11). O cristão não deve se preocupar em fazer, mas em SER e VIVER! O comportamento total com o Senhor reultará numa reação cristã instintiva aos acontecimentos, à medida que ocorrerem. vovê deve apropriar-se das ferramentas que Deus colocou à sua disposição (a Palavra dele e o Espiríto Santo) para buscar a felicidade (Pv 3.13;29.18). Quando a fé e a conduta do Cristão estão equilibradas, resultam em felicida.
Felicidade é desfrutar de tudo o que o Senhor lhe deu e não se lamuriar pelas coisas que lhe foram tiradas ou recusadas (Mt 6.33-34). Felicidade é confiar na oniciência e na sabedoria de Deus. Você deve acreditar que, em cada "acontecimento", Deus vai operar para o seu bem (Rm 8.28).
" A FELICIDADE VEM DA OBEDIÊNCIA DIÁRIA E DA FÉ NO SENHOR".








SALMO 144

1 -
Bendito seja o Senhor, minha rocha, que adestra as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra;
144.1-15 BENDITO SEJA O SENHOR, MINHA ROCHA. Deus é uma rocha inabalável, fortaleza, escudo e libertador, para aquele que nEle se refugia (cf. Sl 140;143). Ele adestra as mãos do justo para a peleja e os seus dedos para a guerra, em todas as esferas do conflito espiritual (ver a nota seguinte).
144.1 ADESTRA AS MINHAS MÃOS... PARA A GUERRA. O salmista foi chamado a batalhar pela nação de Israel. Esta mensagem pode ser aplicada ao crente em Cristo, ao qual Deus convoca para a batalha espiritual contra Satanás, o mundo e a carne. Devemos estabelecer o reino de Deus proclamando o evangelho no poder do Espírito Santo, derrubando as fortalezas de Satanás e conduzindo o povo à salvação em Cristo (ver Ef 6.11-18 notas). A milícia que depender do poder de Deus e do
2 -
meu refúgio e minha fortaleza, meu alto retiro e meu e meu libertador, escudo meu, em quem me refugio; ele é quem me sujeita o meu povo.
3 - Ó Senhor, que é o homem, para que tomes conhecimento dele, e o filho do homem, para que o consideres?
4 - O homem é semelhante a um sopro; os seus dias são como a sombra que passa.
5 - Abaixa, ó Senhor, o teu céu, e desce! Toca os montes, para que fumeguem!
144.5 Ó SENHOR... DESCE. Deus exercitou o salmista a confiar nEle para a peleja e para qualquer tempo de crise (vv. 1,2). Porém, o salmista precisa continuar a confiar em Deus para a batalha, porque ainda há muitos perigos a serem enfrentados (v. 7). Uma vez salvo e batizado com o Espírito Santo, o crente continua dependente de força e graça diárias de Deus para enfrentar as batalhas da tentação e da luta espiritual que, os que seguem a Cristo, têm de travar. Buscar a face de Deus por ajuda celestial é uma necessidade constante de todos os cidadãos do Reino de Deus (Mt 6.33; Hb 7.25; 11.6).
6 -
Arremessa os teus raios, e dissipa-os; envia as tuas flechas, e desbarata-os!
7 - Estende as tuas mãos desde o alto; livra-me, e arrebata-me das poderosas águas e da mão do estrangeiro,
8 - cuja boca fala vaidade, e cuja mão direita é a destra da falsidade.
9 - A ti, ó Deus, cantarei um cântico novo; com a harpa de dez cordas te cantarei louvores,
10 - sim, a ti que dás a vitória aos reis, e que livras da espada maligna a teu servo Davi.
11 - Livra-me, e tira-me da mão do estrangeiro, cuja boca fala mentiras, e cuja mão direita é a destra da falsidade.
12 - Sejam os nossos filhos, na sua mocidade, como plantas bem desenvolvidas, e as nossas filhas como pedras angulares lavradas, como as de um palácio.
13 - Estejam repletos os nossos celeiros, fornecendo toda sorte de provisões; as nossas ovelhas produzam a milhares e a dezenas de milhares em nossos campos;
14 - os nossos bois levem ricas cargas; e não haja assaltos, nem sortidas, nem clamores em nossas ruas!
15 - Bem-aventurado o povo a quem assim sucede! Bem-aventurado o povo cujo Deus é o Senhor.







Felicidade é ter um HOMEM ao meu lado, que me cobre de amor, carinho e dedicação. Instrumento de Deus em minha caminhada. Meu marido amado (MEU GD "grande dom "), como diz uma filha de coração nossa, que muito o ama como a um pai.

Sim, sou feliz porque sou amada por todos e melhor do que ser amada, eu amo demais meu marido, meus filhos, os do meu ventre e os do meu coração, eu amo meus amigos e consigo amar aqueles que não me amam ou que supostamente não me amam.


Tenahm todos um bom e feliz dia!
Rosane!

2 comentários:

  1. Rô, graças a Deus você está rodeada de amor por todos os lados! Você merece mais do que ninguém, todo o amor que houver nessa vida!

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Muito bacana o que escreveu viu!!Tudo de melhor,e que vc tenha muito e muito mais!!Beijosssss!

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails