quarta-feira, 13 de agosto de 2008

- Nunca estamos Sós -




Nem sempre sentirás ao teu lado
os amigos que velam por ti.
Não sintonizado com eles, por força de tuas inquietações,
terás a impressão de que te encontras abandonado.
Movimentar-te-ás, então, como autômato,
de um problema para outro,
sem soluções adequadas, sentindo-te inseguro.
Apenas tuas ondas mentais não se interligam
com as deles, como um rádio,
cujas antenas maldispostas,
não permitem uma transmissão perfeita.
Interferências de outras mentes,
afinadas com o teu lado inferior,
provocarão sempre essas sensações de abandono,
de angústia, de medo.
Benfeitores por ti oram. É preciso que ores também.
Amigos espirituais estendem-te, pressurosamente, as mãos.
É necessário tocá-las, estendendo as tuas, através da prece.
Quando, pois, as impressões infelizes
te assaltarem a mente e o coração, não as alimentes,
detendo-te nelas, como quem teima em provar
um fruto que já se sabe amargo...
Recolhe-te em oração.
Refugia-te no templo de tua própria consciência,
já iluminada pelo conhecimento da Verdade,
e entrega-te a Deus.
Ouve, na acústica da alma, a afirmativa do Senhor Jesus:
"Não vos deixarei órfãos." (João XIV, 18)
Ele, o nosso Irmão Maior, jamais nos abandonará.
Preciso é que não o abandonemos, também!
Recolhido em silêncio e prece, logo sentirás
a presença de teus Amigos Espirituais,
que inspirarão soluções, clareando-te a marcha.
Uma grande paz te cercará e irá penetrando,
devagarinho, todo o teu ser.
Asserenado verás, então, que não é difícil vencer a luta.
Acalma-te! E pelos caminhos da serenidade,
ouvirás a voz do Mestre, repetindo aos teus ouvidos,
as palavras que sustentaram os discípulos de todos os tempos:
"Não se perturbe o vosso coração!" (João XIV:1)


Nunca estamos sós.
Quão consoladora é esta afirmativa.
Porque ela fortalece nossa compreensão
e aconchega nossos receios mais íntimos.

Nunca estamos sós.
Basta que, para tanto, nos coloquemos
em condição de sermos amparados.
Pois, com certeza, o socorro sempre vem.

Se, durante esta semana,
e nas demais que hão de vir,
você se sentir mais fragilizado,
que você possa imediatamente
se amalgamar, através da prece,
com todos estes amigos espirituais
que velam e cuidam de você.

E em agindo assim, você se perceba amparado
e, em conseqüência, encorajado e muito amado.

Brunilde Mendes do Espírito Santo




HOJE NO RECEITINHAS TEM TUDO SOBRE MANDIOCAS, CONFIRAM LÁ NO RECEITINHAS E DICAS DA VOVÓ RÔ..........

7 comentários:

  1. Bom dia, minha querida! Nunca estamos sós, grande verdade esta!

    Como está o joelho, tudo bem? Espero que sim, devagarinho tudo se ajeita no devido lugar!

    Te amo, Rô!
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oi voinha!!
    Tem dias que nos sentimos solitários, mas sempre tem alguém pensando em nós ou qrendo está ao nosso lado. E Jesus nunca nos abandona. Lindo texto!!
    Beijooos

    ResponderExcluir
  3. Mãma... jamais estará sozinha... nunca se sinta assim viu?
    Te amo muito!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Rô! (posso?)

    Alguém já disse:
    "Quem tem amigos nunca está só."

    Enquanto houver alguém pensando na gente com carinho, mesmo que à distância, mesmo que somente em pensamento, existirá alguém em sintonia cósmica com a gente. Logo, não estaremos sós de verdade.

    Uma boa noite pra ti!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia, Ro!
    Além de todos os amigos, que são verdadeiros presentes em nossas vidas, contemos também com nosso Melhor Amigo! Jesus nunca nos abandonará "não vos deixarei nem vos abandonarei".
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Rô!
    Estava com muitas saudades de você e desse blog ma-ra-vi-lho-so!
    Que leitura edificante!
    Parabéns e um beijo grande.

    ResponderExcluir
  7. Que post mais lindo vovó!!!
    Amei :)

    Super beijo :)

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails