sexta-feira, 11 de abril de 2008

Para refletir!


Estamos eu e meu esposo participando novamente dos "Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola". Trata-se nesse momento do Retiro Espiritual de Pentecostes , por conta disso estou meio que sumidinha como disse a minha lindinha filha do coração a Du do Norte .

Se eu amo a Cristo Jesus como segui-lo sem nada conhecer a seu respeito? É mais ou menos quando nos apaixonamos por alguém. Não basta só ficar juntos, é preciso saber a seu respeito, seus ideais, seus gostos, seu endereço, suas preferências ...

E como conhecer a Cristo Jesus sem ter um pouco de estudo profundo, estudo da sagrada escritura, meditação, partilha com a comunidade, seguir a seu novo mandamento " Amar ao próximo como a ti mesmo "Lucas 10, 27 ".Pois é bem isso que estamos há fazer. Quanto mais eu amo a Cristo Jesus, mais quero me aprofundar em meus estudos, em conhecer mais e mais.

Mas muitas vezes fico a pensar - Como determinadas pessoas que fazem parte do meu relacionamento, criticam e deturpam a minha Fé e religião. Como podem elas sair por aí falando de Cristo e da religião fundada por ele (O Cristianismo), sem o conhecimento mínimo?Conhecimento esse que Papas, Padres, Teólogos e leigos, levam anos a fio de estudos para poder tentar nos passar o que atualmente sabemos.Sem contar que fé é dom e mistério do Pai.

Talvés para os que não me conhecem esteja parecendo desabafo, pode até ser que seja, mas o que eu quero mesmo é passar o que o venho sentindo nos últimos dias e isso me deixa profundamente triste. Falar mal de minha fé e religião sem ter fundamento não é correto, principalmente porque minha religião não tem alguns anos,afinal tem ela mais de 2000 anos de vida, ou mais até, pois seus primórdios vem do Judaísmo, lá bem longe, vem do Pai Abraão...

Não é uma religião com anos de vida, são séculos e séculos, são 2000 séculos ou mais...mesmo porque eu sou uma pessoa que respeito toda e qualquer religião, seitas, ciência, filosofias...sem restrições a nenhuma, principalmente porque não estou para ensinar ninguém, longe de mim quero mais é aprender, e vou tirando daqui e dali, passo pelo meu filtro, e assimilo o que acredito ser o melhor, ou seja deixo apenas que, o bom espírito, como ensina Santo Inácio, se apodere de mim.

Essas pessoas deveriam ter a oportunidade de conhecer os Exercícios Espeirutuais de Santo Inácio, deveriam descobrir dentro de si o Amor de Deus, que grita latente em nossos corações.

Deveriam deixar que Cristo Jesus habita-se em suas vidas, deveriam saber que Deus quer para o ser Humano, que ele próprio criou sua imagem e semelhança, a vida plena, a felicidade perfeita, a bem-aventurança eterna e uma vida sem fim. E sabendo de tudo isso, só assim poderemos encontrar o segredo da felicidade e da vida plena, que consiste em fazer sempre a vontade de Deus, quer dizer, em fazer não o que eu quero para mim mas o que ele quer para mim, com a convicção de que tudo isso significa caminhar pelos caminhos da felicidade até o encontro feliz e definitivo com ele.

Santo Agostinho em suas Confissões disse - " Fizeste-nos para ti, inquieto está o nosso coração, enquanto não repousa em ti". - Está afirmação resume o fim último de todo Cristão: voltar a Deus, segundo ele estamos feitos unicamente para viver em Deus, e enquanto não vivemos com ele jamais poderemos realizar-nos, e em consequência, nunca seremos felizes. Reflitam bem estas sabias palavras desse Santo, prestem atenção às pessoas ao seu redor que não tem fé.

São pessoas inquietas, sempre a procura de...insatisfeitas com tudo e em tudo. E por não terem fé acham de criticar os que há tem.

Para que eu também não caia nesse patamar de pessoas, que tenho muita compaixão, gostaria falar de um homem de Fé e oração, mas com ação, Gandhi, que foi um dos seres humanos mais justo, inteligente, exemplo de humildade e de amor, o homem que venceu uma guerra sem armas. Homem de profunda fé, Gandhi se recolhia na oração e encontrava nela seus momentos de inspiração pelo contato com Deus. Afirmava que a oração é a respiração da alma, dizendo que é preciso deixar Deus entrar, passar entre nós, a fim de que possamos ser verdadeiramente humanos.
Deus, para esse Mahatma (alma boa, em hindu) é, na verdade, a música do ser, e ele sente poderosamente o chamado a esvaziar-se e diminuir para que Ele cresça mais e mais em seu interior, ocupando todo o espaço. A oração, para ele, é um anseio intenso do coração, podendo ser expressa pelos lábios, em recolhimento ou em público. Porém, para que seja verdadeira, deve originar-se nas profundezas do coração.


E termino com o ensinamento de Santo Inácio -

Princípio e fundamento - " O HOMEM É CRIADO PARA LOUVAR, REVERENCIAR E SERVIR A DEUS NOSSO SENHOR E ASSIM SER SALVO " (EE.23)

A experiência fundamental da minha fé é saber e sentir-se criado. Isto significa que não temos nossa origem em nós mesmos. Somos dependentes do amor daquele que nos criou, o que desperta em nós confiança e entrega a DEUS QUE É AMOR.



Fiquem com Deus e na sua Paz e que ela esteja sempre com todos vocês!

5 comentários:

  1. Rô, que bom que você apareceu, eu já estava ficando aflita!!!
    Mas feliz agora porque está tudo bem!
    Posso te falar uma coisa de coração aberto, esperando que você não fique chateada comigo?

    "Não tente entender o coração das pessoas, não tente entender atitudes ou palavras que não condizem com a sua realidade. Seja feliz com suas convicções e com a sua fé".

    É isso, mãezinha do coração.

    Que você tenha um ótimo final de semana junto à sua família e vê se não fica muito tempo longe de mim, tá?

    Beijão e abração de urso!

    ResponderExcluir
  2. Querida Rô,

    Nem precisa dizer que também estava sentindo sua falta, né? Mas vejo que vc está muito bem. Precisamos mesmo exercitar a nossa fé.

    Olha, assino embaixo do que a Du falou e sei que vc não vai ficar chateada com ela. Como ficar, com tão belas e carinhosas palavras, não é mesmo?

    Beijos. Muita paz e luz em sua vida. Felicidades para vc e sua família!

    ResponderExcluir
  3. Olá, amiga Ro. Entendo seu desabafo. Como somos julgados por nossa fé, como falam mal, sem conhecer. Enquanto lia seu post, fiquei me lembrando de quantas vezes ouvi zombarias a respeito da Igreja Católica, que como você lembrou não foi criada ontem, mas tem 2000 anos... e além disso, foi criada pelo próprio Jesus Cristo, aquele que salvou a humanidade, Deus feito homem, que dividiu o tempo em antes e depois dEle.
    Mas... vamos vivendo, evangelizando, e tentando mostrar, com nossas palavras e nossos atos as Verdades que Ele mostra a cada dia à Santa Igreja!
    Que Deus abençõe seu fim de semana!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Querida menina Rô, concordo em gênero, número e grau contigo.

    Vim desejar um maravilhoso final de semana para ti e para o seu amor... obrigado pelas visitas sempre tão lindas e simpáticas.

    Um beijo do seu amigo, Zé

    "Fizeste-nos para ti, inquieto está o nosso coração, enquanto não repousa em ti"

    ResponderExcluir


  5. Também tenho estado afastada da Blogoesfera, pois estou envolvida de trabalho, aulas, formação de professores...mas hoje não podia deixar de lhe dizer que seja qual for a perspectiva com que encaramos a mensagem de Jesus, muitas vezes deturpada pelos homens, ELA É SÓ UMA: O AMOR QUE DEDICAMOS AO NOSSO PRÓXIMO. Orar é cumprir nossos deveres na família, no trabalho, na vida social com ALEGRIA E AMOR NO CORAÇÃO.

    um grande beijo para si

    Joana

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails