terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Nossa Tifany nos deixou

Ela nos deixou mesmo, não aguentou, além de tudo o que descrevi ontem, seu quadro se complicou mais ainda hoje, o Dr Alexandre disse que ela também sofreu um AVC e suas patas já não a suportavam mais, a infecção aumentou demais, então ele resolveu que deveria sacrifica-la, e assim foi feito agora no final da tarde.
Meu esposo ficou muito triste, chorou muito, eu chorei demais, minha companheira se foi mesmo.
Meu filho Nandinho me deixou um recadinho, que não consegui conter minhas lágrimas, ele a amava muito, quando era pequenino montava de cavalinho nas costinhas dela, Nandinho é como eu e o pai, gosta muito de animais.
Minha Hevi chorou logo ao amanhecer, ela também sentirá muito a falta dela, quando viajamos, eu e meu esposo, o bicho peto, como ela diz, fazia companhia para ela, etá cachorrinha companheira mesmo!!!
Hugo meu mais velho, também sentiu muito ela ter partido, MÃE ELA TAVA VELHINHA CHEGOU A HORA!!!`
É, mas é muito triste, mesmo sendo um animal, se estou certa ou errada não sei, era nossa Tifa, e nós a amávamos muito, não sabemos se queremos mais algum animal, talvés não, ainda não sabemos, é gostamos demais de animais, não sei se conseguiremos......ficar sem a Tifa....SAUDADESSSSSS!!!!!

9 comentários:

  1. Sinto muito Rô.... Eu também tenho o meu pequenino gigante, estamos juntos todos os dias, é o meu amigo e companheiro, como você sabe, agora que o Pedro está em Angola, só tenho mesmo o pongo e Deus.

    A saudade fica sempre, mas as lembraças alegres também.

    Beijinhos a todos vocês

    ResponderExcluir
  2. Oi Rô, fiquei emocionada, também gosto muito de animais, mas nao tenho, moro em apartameto aqui na França, nossos planos é um dia morar num pais tropical para criarmos caes, gatos, papagaios, etc...
    Volte sempre no meu blog, assim a gente continua a trocar idéias!!
    Sinto pela sua perda,
    Liz

    ResponderExcluir
  3. Oi, Rô!

    Cheguei no seu blog através do blog da Lusófona e pena que chego aqui em um momento tão triste. Emocionei-me lendo o seu post...

    Eu adoro animais, principalmente cães, tenho cinco cadelas (1 poodle, 1 pinscher, 1 pitt Bull e 2 vira-latas). A poodle é a mais velha, está com 8 anos e é preta, mas daqui a pouco fica cinza, devido aos pêlos brancos que já são muitos, ela já está até com um bigodinho branco... Infelizmente esses cães, ao chegar numa certa idade, começam a ter problemas, especialmente com tumores, a poodle está com um tumorzinho na base da cauda, mas é bobagem, estou pensando em tirá-lo (sou veterinária). A mãe dela (é da minha sogra e está com quase 11 anos) também está com tumores, mas o caso dela é bem mais sério, infelizmente.

    Sabe, em janeiro deste ano eu perdi uma cadela (é isso mesmo, eu tinha 6!) que era a mais velha, era uma vira-lata e estava com 14 anos. Foi uma tristeza muito grande, ela agonizou por 3 dias seguidos, todas as outras cadelas sentiram o sofrimento dela. É muito interessante quando a gente cria vários cães e pode observar o comportamento deles em uma matilha. A pitt bull (que não é esse monstro que pintam por aí, pelo contrário, é a cadela mais doce e obediente que tenho) ficou bem depressiva depois da morte da companheira de quintal, ia sempre ao local onde ela dormia e ficava chorando, foi bem triste de se ver...

    Mas com o tempo tudo volta ao normal, a vida segue para os que ficam e também para os que vão, aliás, a vida não acaba nunca, a morte é somente uma passagem... Sua recordação ficou conosco para sempre, em fotos, na lembrança e especialmente na presença de uma filha, uma linda cadela de 2 anos, amarela (da cor da mãe), e que é muito parecida com ela, não só fisicamente (apesar de ter uma pequena deficiência em uma pata), mas também no comportamento.

    Muitas pessoas de fato não entendem esse sentimento que nós temos, esse amor que sentimos pelos nossos animais. Mas, infelizmente, eles é quem estão perdendo, pois não há nada mais puro do que essa amizade sincera que eles nos oferecem, sem pedir nada em troca...

    Sinto muito pelo que aconteceu, mas saiba que sua Tifa foi para um bom lugar, pois o nosso Pai sempre acolhe todos os seus filhos, é muito egoísmo nosso pensar que só nós humanos é que temos auxílio Divino. Ore por ela e saiba que no plano espiritual existem amigos que cuidam dos animais com todo carinho. Inclusive, no meu blog eu já coloquei um post falando sobre isso, se vc tiver interesse, dá uma olhada:

    http://espiritananet.blogspot.com/2007/10/falando-da-vida-aps-morte-dos-animais.html

    E não fique pensando se vc está certa ou errada por sentir-se assim “apenas por causa de um animal”, pois não se pode esquecer de uma hora para outra daquela que foi sua companheira por quase 17 anos.

    Quando nós perdemos um animal a dor é grande e sempre pensamos que não queremos ter mais nenhum, mas a verdade é que não conseguimos viver sem eles... Vc vai ver... Rsrs...

    Que Deus te dê muita força nesse momento, a você e à sua família! E que Ele abençoe a sua Tifa!...

    Bjos!...

    Adriana

    ResponderExcluir
  4. Oi Ro

    Vim agradecer a visita que fez a meu blog e acabei chorando quando li sobre a morte de sua cachorrinha. Eu gosto muito de animais, especialmente cães. Também tenho uma cadela que me faz companhia o dia inteiro e sei como você se sentiu: uma vez perdi um cachorrinho pincher. Chorei o dia inteiro. Os animais são muito sensíveis e sabem nos conquistar.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  5. Oi, Rô, sou eu de novo! Rsrsrs...

    Olha, fiquei muito feliz em ver que vc passou pelo meu blog, viu? Obrigada pelo comentário carinhoso! Tenha certeza que vc já tem em mim sua mais nova amiga!...

    Espero que a tristeza pela perda da Tifa já tenha passado mais um pouco, sei o quanto é duro, tudo faz lembrar, não é mesmo? Mas a vida sempre nos reserva surpresas, esperanças renovadas...

    Bom, espero que vc possa agora me visitar sempre nos meus blogs, aguardo a sua presença, espero que eles te ajudem de alguma forma a encontrar as respostas para aquilo que vc não compreende, essa foi a minha intenção ao criá-los!

    Bom, vou ficando por aqui, os meus comentários sempre são enormes, quase do tamanho de um post, é que eu gosto de escrever, já deu pra perceber, né? Rsrsrsrs...

    Beijos e tudo de bom para vc e sua família, muita paz e luz! Fica com Deus! :)

    Adriana

    ResponderExcluir
  6. Oi Rô
    Não achei seu endereço. Escreva para mim que lhe envio o script para colocar as músicas.
    Bjs do Zé Carlos
    joseccm@terra.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu sempre fico muito triste com coisas assim...sinto muito Rô! Fique bem, com certeza ela teve todo o amor que mereceu e isso é que importa no final!

    Beijos flor!

    ResponderExcluir
  8. Vim convida-la para ir ao meu Blog comer um pedaco de bolo e comemorar o aniversario do Ze Carlos.
    Beijos
    MARY

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Rô,
    Obrigada por sua visita e comentário deixado hoje no blog de minha filha Flavia.
    Lamento pela perda de seu animal de estimação e pela tristeza que no momento você está sentindo.

    Fique com meu carinho.

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails