quarta-feira, 29 de maio de 2013

Minha solidão não é minha...





Minha solidão não é minha, 
pois vejo agora quanto lhes pertence 
e que tenho uma responsabilidade 
em relação a eles,
e não apenas minha.

[...]

Aconteceu, então, 
subitamente, 
como se eu visse 
a secreta beleza de seus corações, 
a profundeza de seus corações 
onde nem o pecado, 
nem o desejo, 
nem o autoconhecimento 
podem penetrar. 

Isto é, 
o cerne da realidade de cada um, 
da pessoa de cada um 
diante dos olhos de Deus. 

Se ao menos todos eles pudessem 
ver-se como realmente são.
Se ao menos pudéssemos 
ver-nos uns aos outros 
deste modo, sempre. 
Não haveria mais guerra, 
nem crueldade, nem ganância...

Suponho que o grande problema 
é que cairíamos todos de joelhos, 
adorando-nos uns aos outros.

______________Thomas Merton









Beijos meus cheios de luz, paz, amor, fé e esperança! 







Um comentário:

  1. Ooi anjo!
    Vi seu blog no siga-me e simplesmente amei!!!
    Estou seguindo e convido você e suas leitoras a seguirem meu cantinho também!
    Beijoos!
    http://girlswithstyles.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails