segunda-feira, 20 de maio de 2013

A TRISTEZA DAS MÃOS' Helena Kolody





A TRISTEZA DAS MÃOS'

Helena Kolody

Mãos tristes, sulcadas de rugas,
Que choram em silêncio a dor de envelhecer...

Pensar que já foram a alma festiva,
A graça inocente dum berço, num lar.
Frágeis mãozinhas, de dedos rosados,
Brincando com a vida.
Rainhas de um mundo de legenda,
Maleável e submisso ao seu comando.

Pálidas mãos, sulcadas de renúncias!

Mãos que foram jovens, belas e triunfais,
Confiantes em si mesmas, todo-poderosas,
Capazes de curvar a fronte mais altiva,
E de alterar o curso eterno das estrelas.

Tímidas mãos, que se apagam na sombra!

Mãos feitas de luz, doces mãos liriais.
Companheiras intrépidas e leais,
Solícitas e compreensivas.
Cheias de incentivo e paciência,
Misericordiosas mãos maternais.

Velhas mãos solitárias,
Como dói recordar!A TRISTEZA DAS MÃOS'

Helena Kolody

Mãos tristes, sulcadas de rugas,
Que choram em silêncio a dor de envelhecer...

Pensar que já foram a alma festiva,
A graça inocente dum berço, num lar.
Frágeis mãozinhas, de dedos rosados,
Brincando com a vida.
Rainhas de um mundo de legenda,
Maleável e submisso ao seu comando.

Pálidas mãos, sulcadas de renúncias!

Mãos que foram jovens, belas e triunfais,
Confiantes em si mesmas, todo-poderosas,
Capazes de curvar a fronte mais altiva,
E de alterar o curso eterno das estrelas.

Tímidas mãos, que se apagam na sombra!

Mãos feitas de luz, doces mãos liriais.
Companheiras intrépidas e leais,
Solícitas e compreensivas.
Cheias de incentivo e paciência,
Misericordiosas mãos maternais.

Velhas mãos solitárias,
Como dói recordar!






Beijos meus cheios de luz, paz, amor, fé e esperança! 








Um comentário:

  1. Ai, Rosane, como é triste o envelhecimento do nosso corpo! É triste e feio! Muito feio! Eu não me conformo com a fragilidade. Não deveríamos passar por isso! "Vaidades das vaidades, tudo é vaidade"" O poema tem um linguajar clássico, mas bonito! Beijos amiga!

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails