domingo, 10 de fevereiro de 2013

a.prender.a.o.olhar por Rui Santiago cssr





a.prender.a.o.olhar
por Rui Santiago cssr 

Aprender a olhar, quer dizer, aprender a olhar como quem vê mesmo, aprender a que os olhos ganhem mãos invisíveis que se agarram às coisas, às pessoas, aos acontecimentos… Aprender a olharcomo quem pertence ao mundo que constrói e à criação que habita, como quem não lhe passa indiferente nem se deixa cair na tentação de se habituar… Aprender a olhar porque há sempre qualquer coisa nova mesmo no meio dos dias mais antigos, há sempre qualquer coisa a acontecer e um tempo prestes a parir… Aprender a olhar para perceber por que lados anda a despontar a vida…

A prender o olhar, assim estão diante de nós tantas histórias, momentos, gestos, subtilezas… Estão aí, a prender o olhar de quem ainda tenha liberdade para se deixar prender por alguma coisa… Porque é preciso ser livre para se deixar prender, pelo olhar ou pelo coração. Fugir não é coisa de gente que goza da Liberdade que Deus nos dá… e se alguma coisa em mim ainda acredita que, um dia, Deus irá pedir contas de alguma coisa, só admito acreditar que nos pedirá contas do que fizemos à nossa Liberdade… A prender o olhar, porque a vida está diante de nós para ser comida, consumida, incarnada, corporizada… Porque nas mais mínimas delicadezas e nos silêncios mais completos, a Força palpitante que é o Coração do Universo chama por nós e fixa-nos, olhos nos olhos, primeiro para dançar, depois para beijar, depois para morrermos e ressuscitarmos dentro de si eternamente…

Aprender ao olhar, quer dizer, aprender a não ver tudo repetido, a discernir os tons, os ritmos e as formas remoldadas de todas as coisas, até das de sempre… Porque “as de sempre” também são de hoje, e por isso também são novas… Isto é, se aprendermos ao olhar que, afinal, o que vimos nunca o tínhamos visto… Aprender ao olhar porque não estão dentro de nós mesmos todas as respostas, e acho que nem sequer as perguntas mais importantes… Aprender ao olhar, porque tudo fala, em gramáticas e dialectos diferentes, mas os nossos olhos também podem ser treinados para ouvir a Palavra… Aprender ao olhar, porque ESTA Palavra não se capta com um sentido só. Nem com os cinco…

A prender ao olhar, assim quero trazer as coisas mais importantes que tiver o privilégio de sorver…presas ao olhar, como se passassem a fazer parte dos meus olhos e se tornassem visíveis para aqueles a quem olho face-a-face… A prender ao olhar, como se o mistério da vida se colasse aos olhos daqueles que o contemplam, como se os movimentos do cosmos inteiro se refizessem e harmonizassem no poema do nosso olhar… A prender ao olhar, com se aquilo que vemos de verdade e aquilo que somos formassem um só corpo e contassem a mesma história, como se estivesse inscrita na maneira como nos olhamos as maravilhas que já intuímos, presenciámos e acreditamos…

Aprender o olhar, aprender "aquele" olhar, o de Jesus! Acima de tudo, síntese de tudo… aprender o olhar de Jesus! Aprender no fogo do mesmo Espírito a profundidade, a sabedoria, a força, a verdade, a intensidade, o brilho, o mistério do seu olhar sobre as pessoas e as situações. Acima de tudo, aprender o olhar de Jesus, descobri-lo, como quem se aventura pela descoberta de uma língua estrangeira… Aprender o olhar de Jesus como quem aprende uma língua nova, como quem se obriga a procurar novos significados, como quem volta a fazer as perguntas mais primárias e se treina a dizer as palavras mais básicas… assim, aprender assim o olhar de Jesus como quem aprende uma língua, pouco a pouco, com método, com treino, com paciência… e beleza! E, um dia, vamos lá. “Lá” é o Reino de Deus…





Beijos meus cheios de luz, paz, amor, fé e esperança! 













Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails