quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Mensagem no Twitter do apóstolo Paulo


Preste bem atenção nesse texto abaixo. Escrito por Eduardo Machado do grupo ao qual faço parte "ESPIRITUALIDADE INACIANA"


Mensagem no Twitter do apóstolo Paulo


Se o apóstolo Paulo vivesse hoje, visitasse uma de nossas escolas, andasse
entre os adolescentes e jovens durante o recreio, saísse com eles,
participasse de suas conversas, fosse com eles a um barzinho, uma festa,
navegasse na Internet, mandando e recebendo mensagens e emails, conversasse
no Skype, no MSN, abrisse uma página no FB, Orkut, no Twitter, talvez
reescrevesse assim a sua carta aos Coríntios.

- Se eu aprender inglês, espanhol, alemão ou qualquer outro idioma, se puder
navegar pela Internet e falar com as pessoas, ao redor do mundo, em tempo
real, mas não tiver uma palavra de amor a dizer aos que se comunicam comigo,
de nada vale tanta tecnologia...

Se eu for aprovado no colégio, no vestibular; se brilhar no ENEM
e concluir com brilho a Universidade. Se eu for diplomado com louvor na
melhor faculdade e frequentar cursos e mais cursos de aperfeiçoamento,
pós-graduação e doutorado, mas viver alienado e distante dos problemas do
meu povo, tanta cultura acumulada não passará de inútil erudição.

Se eu, formado, bem remunerado, bem de vida, frequentar
shoppings e outros pontos da moda, desconhecendo ou ficando indiferente ao
sofrimento dos que moram nas periferias da cidade grande...

Se morar numa casa ou apartamento espaçoso e confortável, se
usar a roupa e o tênis mais transados, mas não perceber que, também por
causa da minha omissão, existem os que dormem sob marquises e viadutos, os
que andam de pé no chão, os que se cobrem com trapos sujos, sou apenas um
belo manequim, vazio e colorido, nas vitrines da vida...

Se passar meus fins de semana em festas, barzinho e outros
programas com minha turma, gastando, às vezes, numa noite, o salário de um
mês de um trabalhador...

Se eu curtir a vida sem ver a fome, o desemprego e a falta de
recursos dos que estão tão próximos a mim. Se não escutar o grito abafado
que vem do menino de rua, do mendigo, do catador de papel, do aposentado e
dos carentes nas filas do INSS, nas enfermarias dos hospitais, entre as
grades de cadeias, nas periferias da vida, nenhum proveito tiro.

Se, nas férias, a única coisa que me importa são projetos e
programas de viagens fantásticas, dentro e fora do país, sem considerar a
realidade dos que não podem nem mesmo sonhar, não sou um cristão verdadeiro.

Se diante das notícias, estatísticas e números da violência,
engrosso o coro dos que pedem pena de morte, redução da maioridade penal,
penas mais duras e polícia mais violenta, tenho um coração ainda mais
embrutecido, amargurado, humanamente empobrecido...

Desculpem se pareço duro e radical, mas o cristão não pode fugir
aos desafios do seu tempo. Não fica de braços cruzados de boca fechada e
cabeça vazia, com o coração anestesiado e insensível a tudo que o rodeia.

Não engole a injustiça, não acha “natural e normal” as
desigualdades gritantes e absurdas do nosso mundo, a manipulação do poder, a
corrupção e as falcatruas do mundo político. O cristão tem no peito e nas
mãos um amor capaz de se indignar, mas que “não perde a ternura jamais”.

Por isso o cristão não prega ódio, nem luta de classes, nem
violência. Não há lugar para ódio no coração de um cristão. Ele não se
desespera nem desanima diante das dificuldades e fracassos, pois sabe que
para sustentá-lo existem a Fé, a Esperança e o Amor.

E é com o Amor, a única arma verdadeiramente revolucionária,
pois muda as coisas em profundidade, que o cristão vai à luta para construir
um mundo mais justo e fraterno, tal como Deus sonhou desde sempre.

Nós sabemos que tudo, um dia, vai passar. O conhecimento, a
sabedoria, a ciência, tudo terá seu termo. Só permanecerão a FÉ, a ESPERANÇA
e o AMOR.

Mas o que permanece mesmo, para sempre, podendo mudar tudo, a
começar do meu, do seu coração, é o AMOR.

E o Amor é a partilha do Ser e do Ter...



Texto inspirado na 1ª Carta de
S. Paulo aos Coríntios (1Cor. 13,1-13)
Eduardo Machado

RECEBI POR E-MAIL

<*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
http://br.groups.yahoo.com/group/espiritualidadeinaciana/







Beijos meus cheios de luz, paz, amor, fé e esperança! 












Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails