quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Animal não é brinquedo! (Texto por Mariana Motta)

Foto: Animal não é brinquedo!
 (Texto por Mariana Motta)
 
Esta semana, passou na TV aberta uma reportagem que muito chocou os defensores de animais: foi mostrado um homem, dono de um Pet Shop, batendo nos cães que eram levados por seus donos em seu estabelecimento.
Nosso objetivo aqui não é julgar as atitudes das pessoas, mas chamar a atenção para um fato que acontece diariamente: maus-tratos a animais. Essas coisas acontecem com freqüência e muitas vezes, abaixo de nossos olhos. Nesse caso, os donos levavam seus cães ao Pet Shop com intenção de que eles fossem bem tratados, afinal, pagaram por estes serviços. Mas, o indesejável aconteceu, o responsável pelo estabelecimento “resolveu” agredir os cães sem o menor motivo (até porque não existem mesmo motivos para se agredir um animal!). De alguma forma, os vídeos com as imagens das agressões foram divulgados, o que gerou essa polêmica toda. Repito: não estamos aqui para julgar as atitudes erradas, sendo elas criminosas ou não. A questão é que, a maioria das pessoas se indigna diante de situações como estas, mas poucas são as que procuram denunciar esse tipo de ação, ou até mesmo conscientizar as pessoas com relação à criação de um animal.
Para muitos, o bichinho é considerado parte da família. O que de fato, é! Um ser vivo deve ser tratado como tal, e não como um objeto. Ele precisa de amor, carinho, cuidados, atenção, alimentação, Enfim! Ele precisa de muitas coisas, assim como uma criança ou um adulto qualquer precisam. Adotar ou comprar um cão ou qualquer bichinho de estimação deve ser um ato bem pensado. Devemos pensar se teremos tempo e condições de fornecer a ele tudo o que precisa, para não o abandonarmos na beira de uma estrada depois. Não abandonaríamos uma criança, nem gostaríamos que fizessem conosco. Doença, falta de espaço em casa e falta de tempo para cuidar, nunca foram e nunca serão motivos para se abandonar um bichinho que só tem amor a te dar. Por isso, pense bem nesses empecilhos se só o amor não bastar!
Você achou essa história do homem que agrediu os cães cruel demais?! Lembre-se: abandono também é um tipo de maltrato. Existem muitos pequenos maus-tratos que às vezes, fazemos até sem querer, por uma simples falta de paciência. Mas acontece que animal não é brinquedo. Você não é obrigado a amá-lo, nem a odiá-lo, apenas a respeitá-lo! Respeitar uma vida! E se você tomar a importante decisão de levar um cão para sua casa, nunca se esqueça que a responsabilidade por ele é toda sua!






2 comentários:

  1. O cao tem sentimentos que muitos nao tem, infelizmente!
    Vim agradecer pela visita e por seguir meu humilde blog e convidá-la a conhecer e curtir minha página no face: http://www.facebook.com/NinaAtelie
    Obrigada e ótima semana que se inicia!!

    ResponderExcluir
  2. Querida Rô, fui indicada e com a incumbência de distinguir alguns Blogs para receber o selo do Prêmio Dardos. Busque seu prêmio no meu Blog. Meu carinho especial e minha admiração pela beleza e importância do seu Blog.Bjs Eloah

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails