quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Não se leve a sério



O Guia do pé bath2 Yogis para sobreviver a um Yoga + Festival de Música


Não se leve a sério

Viver com seriedade e, ao mesmo tempo, não levar-se a sério são conceitos complementares, embora um pareça excluir a outro. Viver com seriedade significa ter caráter firme e incorruptível, ter opinião própria, amparada por argumentos racionais, e um profundo sentimento de vergonha que impeça a prática de atos contrários à razão e à dignidade humana.

A vida séria, vivida com determinação e autocontrole, contém os preceitos básicos que faltam à vida indigna, conformada que está em nada ousar, nada criar e nada esperar de si mesma.

As pessoas que a cultivam, ou seja, as cheias de si, representam um grande mal: são parasitas que, nada contribuindo para o aperfeiçoamento espiritual da humanidade, são incapazes de se examinarem e assim mudarem o rumo das suas vidas, dando-lhes um significado mais profundo do que o de serem apenas servas da manutenção, triste e conformada, da espécie.

É fácil reconhecer quem se leva a sério: é incapaz de um gesto de humildade e de admitir os seus erros e, quando raramente o faz, justifica-se dizendo que foi induzido a praticá-los, fugindo à responsabilidade em qualquer situação. Uma pessoa cheia de si não pode impor respeito porque se considera o centro de todas as coisas e a sede soberana da razão, não deixando espaço para nenhum entendimento humilde com o mundo, que considera um simples espectador passivo da sua vontade.

Por sua vez, aquele que não se leva a sério deve estar entre os mais sábios dos sábios e como tal, vive a vida com suprema dignidade. Não levar-se a sério significa questionar constantemente os próprios valores, trocando-os por outros sempre que isso possa enriquecer o conhecimento, mas significa principalmente encarar a vida com humor, transmitindo-o aos que o cercam como antídoto para os inevitáveis sofrimentos do cotidiano.



Do livro Sócrates e a arte de viver – J.C. Ismael 





Beijos meus, cheios de
luz, paz, amor, fé e esperança!


Um comentário:


  1. E tanta coisa que a gente tem que colocar na nossa viada do dia a dia que tem hora que me perco.
    com amizade e carinho de Monica

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails