sexta-feira, 4 de junho de 2010

"Somos galinhas ou avestruzes???"

imagem aqui
 
31/05/2010
GALINHAS E AVESTRUZES
Por Padre Zezinho SCJ


Antes que alguém se ofenda pensando que me refiro a ele ou ao seu pregador preferido, aviso que é de todos nós que falo. Serve para mim, para você para qualquer cristão que pretenda pensar como Jesus pensou. Foi ele quem disse que devemos procurar os últimos lugares, porque, se formos realmente necessários e importantes, alguém nos chamará para lugares de maior destaque. (Lc 14,10). E foi ele, também quem disse que se formos bajulados ou elogiados deveremos declarar que não somos tudo aquilo posto que não fizemos nada mais do que alguém na nossa posição deve fazer. (Lc 17,10) É Jesus ensinando humildade e sensatez.
Sensatez e humildade são o que perde aquele ou aquela que fala demais de si, que procura demais os aplausos, e elogia demais a própria obra. Insensato é quem faz um marketing ruidoso de si ou de seu mais novo trabalho como se nada de melhor houvesse. É sensatez que beira ao ridículo, quando o cristão visivelmente faz de tudo para estar diante de microfones e holofotes, cinco seis ou até dez horas por dia. Uma coisa é estar lá por nomeação e profissão e, outra é correr atrás da notoriedade. Quem aparece mais do que a mensagem mostra que não a entendeu.
Do ponto de vista da galinha, o ovo dela é maior do que o da avestruz ou, no mínimo, empata. Aos olhos dos humanos ele é menor, mas, tamanho por tamanho, ovos de galinha e de avestruz se equilibram. Se a avestruz é vinte vezes maior do que uma galinha nada mais natural que seu ovo tenha vinte vezes mais conteúdo. Ela tem a obrigação de produzir um grande ovo.
Mas aí vem a história do marketing e do cacarejo. Ao que tudo indica, a galinha com seu marketing compensa o tamanho do seu ovo. Dizem as más línguas que o mundo cria galinhas e compra seus ovos porque elas são exímias marketeiras. A avestruz é bem mais comedida... Conta com o próprio tamanho.
Isso talvez explique em parte porque homens e mulheres cultos e bem preparados, com muito mais a oferecer evitem a mídia, enquanto pessoas bem menos preparadas, com pouco a ensinar, estejam lá todos os dias exibindo-se, desde os BBBs até os talk-shows onde, o mais que podem,contam histórias sobre si mesmas. Cada qual vende o peixe que pescou e o ovo que botou. 
Irônico e cruel? Serve para mim e serve para você. É bom que examinemos o porquê de nossa presença o rádio e na televisão. Nos cursos de comunicação que ministro, há quase 30 anos, nunca deixo de lembrar os ovos da galinha e os da avestruz. Quem acha que tem mais a oferecer e não vai lá ajudar a instruir milhões de cabeças e corações talvez não tenha o direito de criticar quem tem pouco a dizer, mas vai lá, exibe-se e diz. Os que sabem menos estão ocupando o lugar de quem sabe mais e poderia ensinar mais, mas não vai. Outra vez, foi Jesus quem disse que daquele a quem mais se deu, mais se exigirá e que discípulo seu, sem vaidades deveria anunciar de cima dos telhados.(Mt 10,27) 
Isso de estar na mídia não é assim tão simples. De certa forma somos todos galinhas e avestruzes. Calamos quando não deveríamos calar e cacarejamos quando bastaria dizê-lo serenamente! O exibido nunca admite que o é.  Há pregadores exagerando nas suas aparições e outros, omitindo-se! Os documentos da Igreja mandam ir. Mas também mandam que se vá com moderação e conteúdo sólido.  Estamos todos a precisar de uma séria reavaliação da nossa presença na mídia. O triste é que os que mais precisam repensar o que fazem, não aceitam. Lembram o cozinheiro que adorava as próprias receitas. Media seu talento de cozinheiro pelo número dos que freqüentavam seu restaurante. Isso, até o dia em que outros cozinheiros apareceram com novas receitas e novo modo de servir. Se eram melhores ou não o fato é que a situação mudou. O resto, o leitor já pode imaginar! O cozinheiro passou a oferecer comida de qualidade duvidosa, mas muito mais barata. É o perigo que rondou e ronda os pregadores. Sobre isso também Jesus deixou o seu recado: E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos. (Mt 6,7) Ligue sua televisão e conclua!  O que você vê e ouve é profundo e faz pensar ou anda leve e repetitivo demais!  Se você conhece o endereço da emissora em questão, manifeste-se!
 
Pense nisso e reflita um pouquinho...somos galinhas ou avestruzes?
 Bom fim de semana pra ti!
 Luz, paz, amor e esperança em Cristo Jesus!
 Rosane!

2 comentários:

  1. Rô,

    Sabe o que me lembrei agora? Existem várias passagens bíblicas em que Jesus, após curar pessoas, pede a elas que não conte para ninguém (como aconteceu com a mulher samaritana). Além disso, se analisarmos as Escrituras, veremos que Cristo evita a multidão, apesar de ser o Filho de Deus.

    Jesus é o maior exemplo de humildade. Lição que muita gente precisa tomar. Mas, ao contrário, mesmo não tendo talento, as pessoas sem humildade vivem a exibir-se na mídia, parecendo que a pretensão impedi-lhes de ver o quanto estão sendo ridículas.

    Beijão, RO e ótimo final de semana pra você.

    ResponderExcluir
  2. Retribuindo o seu carinho..Amei sua visita e presença..
    Vim deixar o meu carinho e afeto a vc. Estava com saudades, por isso eu vim. Por aqui ando muito ocupada. Mas os amigos moram no coração e pensamento. Por isso, sempre que tenho um tempinho, venho agradecer. Deixo um forte abraço, e até logo mais.
    Adoro você.!!!

    VOU DEIXAR UM CARINHO LÁ EM MEUS MIMOS PARA VC. BLOG NOTA 10..
    TEM UM ABRAÇO BEM CARINHOSO NO BLOG POETAS UM VOO LIVRE.
    VOU TE ESPERAR POR LÁ. NA INTERAÇÃO DE AMIGOS MUITA INTERAÇÃO. VENHA FAZER PARTE DESSAS INTERAÇÃOES.
    UM GRANDE ABRAÇO E UM FELIZ FINAL DE SEMANA.
    SANDRA

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails