quarta-feira, 7 de abril de 2010

"POR FAVOR NÃO DEIXE SUA FILHA SEGUIR ESSE MODISMO"





Quando era jovem sempre segui a moda. Muitas vezes meus pais me repreendiam com determinado acessório que eu teimava em usar.

Sou do tempo do Hippies, ou seja peguei o auge dessa era. Do amor livre, das gírias, das roupas velhas e rasgadas, das calças jeans desbotadas na água sanitária. Lembro-me que certa vez queria por que queria ir com uma calça jeans, novinha que minha mãe comprou para eu ir em uma boate no clube qual éramos sócios, mas eu queria que ela estivesse manchada e com uma mancha bem diferente das de minhas amigas. Que fiz eu? Não pensei duas vezes, literalmente sentei dentro de uma bacia com água sanitária. Resultado...ficou linda, mas só aos meus olhos, por que minha mãe quase me matou e se não fosse meu pai não teria saído de casa naquela noite.
Usava pulseiras de correntes, que pegava na caixa de ferramentas de papai, brincos de macacita de minha avó. As saias longas e cheias de adereços, milhares de acessórios e afins. A única coisa que não aderi foi "não tomar banho", hippie que era hippie não tomava banho. Isso eu me recusava em aceitar.
Outra filosofia que eu NÃO defendia era o amor livre sempre respeitei e segui os ensinamentos de meus pais e não me arrependo nem um pouco, pois  a maioria de meus amigos e amigas qu seguiram está filosofia se deram mal e por consequência vieram junto o uso abusivo e sem freio das DROGAS.
Mas a filosofia da PAZ e NÃO-VIOLÊNCIA  essa era a que mais eu me identificava.
Seguir a moda é coisa boa, desde que tenhamos discernimento e bom-senso. Meus pais não ficavam aborrecidos comigo ou com meus amigos, muito pelo contrário, achavam uma curtição, mas...estavam sempre atentos, com quem eu andava, de onde vinham minhas coisas, o que eu estava fazendo quando desses embalos que eu participava. Ou seja, sempre na retaguarda, para que eu não me desviasse e caísse em caminhos que me levassem às coisas erradas. Muitos de meus amigos se foram, se perderam, por conta de más companhia, por conta de serem rebeldes ao extremo e nuca pensarem em seus pais e em seu ensinamentos.
Penso até nos dias de hoje que, uma vida sem regras e limites, sempre nos levaram a caminhos errados. Sempre nos levaram a termos uma vida à margem de tudo e da sociedade em que vivemos.
Então...aonde quero eu chegar?
Nas famosas PULSEIRAS COLORIDAS  que está em moda. Essas benditas PULSEIRAS, que está levando nossas adolescentes à morte, a se prostituírem e se humilharem.Ao meu entender, se uma jovem que sabe qual o significado das cores dessas PULSEIRAS, e mesmo assim usam, não é possível não ver a que tamho de humilhação ela esta se sujeitando.
Não tem cabimento que uma inocente PULSEIRA entre aspas, possa acabar com a vida dessas meninas-crianças e acabar por conseguinte com a vida de seus pais e familiares.
Em que mundo estamos vivendo? Que futuro terá nossas crianças, nossos jovens e adolescentes?
Me lembro de também ter usado PULSEIRAS COLORIDAS na minha infância. Eram lindas como são as de hoje também. Mas graças a Deus não havia esse código::..

Amarela –dar um abraço no rapaz;
Laranja – significa uma “dentadinha do amor”;
Roxa – já dá direito a um beijo com língua;
Cor-de-rosa – a menina tem de lhe mostrar os seios;
Vermelha – tem de lhe fazer uma lap dance;
Azul – fazer sexo oral praticado pela menina;
Verdes – são as dos chupões no pescoço;
Preta – significa fazer sexo com o rapaz que arrebentar a pulseira;
Dourada – fazer todos citados acima.

Prestem atenção aos que ainda não sabem o significado das cores usadas. Principalmente na cor PRETA, NA COR AZUL E NA DOURADA.



.
Como é que pode um acessório fazer tal estrago na mente desses jovens.
Segundo informações esses PULSEIRAS são de cilicone e surgiu na Inglaterra. Essas PULSEIRAS, na  Inglatera vem seguidas de um jogo chamado SNAP, jogo esse que consiste em arrebentar a pulseira da criança ou jovem menina e de acordo com a cor a criança fará o que significa a mesma com o garoto ou jovem adolescente.
Caso é que nossas crianças estão morrendo por causa dessas polémicas PULSEIRAS.
Não seria hora, ou já passou da hora , de nós pais dar um basta em tudo isso. Rever como está a educação de nossos filhos. Colocar limites para os nossos jovens. eu sei que tudo é muito rápido hoje em dia, sei também que como antigamente, quem não anda na moda, não faz parte da sua tribo, tá fora do contexto, é pejorizado perante a sua comunidade ou turma ou tribo, seja lá o que for.
Não podemos deixar de lembrar que por aí existem mentes doentes à espreita de seus ataques. É só lermos ou assistirmos aos jornais de nossas TV, recheados de absurdos de um mundo surreal. De um mundo que não tem mais freio para nada e em nada. Recheado de absurdos como uma mãe que faz ensaios fotográficos pornos com seus filho.
Nesse mundo globalizado, onde tudo tornou-se mais fácil e mais ligeiro e onde tudo tornou-se uma grande tragédia. Onde dizer não a um filho não pode VAI TRAUMATIZÁ-LO.
Não vemos mais nossas crianças vestidas como crianças,nossas crianças são meio que erotizadas já desde pequenas. Meninas ainda que mal sairam das fraldas, usam esmaltes vermelhos, batons, maquiagem nos olhos...Não seríamos nós que fizemos isso tudo.É obvil que devemos falar de tudo com nossas crianças, com psicologia, carinho, amor e na hora certa.
Hoje em dia tudo é NORMAL, eu não consigo pensar assim e ma minha cabeça é tudo ANORMAL.
Pense você também e analise o que é que anda entrando dentro de seu lar, veja o que seus filhos estão usando, com quem andam, o que fazem, o que fazem na frente da Internet, para que usam essa MÁQUINA,  o que estão fazendo em suas escolas e nas portas de suas casas. Enfim cuidem mais de nossas crianças, no sentido literal mesmo MARQUEM HOMEM A HOMEM nossas crianças e levem um pouco mais de Deus para dentro de suas famílias.
Ainda há tempo de Deus reinar em nossos lares.

 Pense nisso com carinho!

4 comentários:

  1. Oi Rô,
    pertinente teu post,hoje li em um blogamigo este mesmo tema,o que preocupa não são as pulseiras,será que não seria a falta de orientação dos pais?.De qualquer forma devemos ficar atentos,
    grande beijo vovó MM(Mega Moderna)
    Mari

    ResponderExcluir
  2. Oi Rô... bom dia!!!

    Mto oportuno seu post! O velho modismo as vezes traz mtas inconsequências. E uma delas é essa das pulseiras!
    As pulseiras são lindas e não deveriam ter esse significado!
    Pior ainda aqueles q a usam!
    Mas talvez seja tb a questão levantada pela Mari: a desinformação dos pais!
    Mto preocupante esse assunto! Vamos olhar com mais atenção para as nossas crianças!

    bjos na alma!

    ResponderExcluir
  3. Mais uma para os pais ficarem alertas.
    Com carinho Monica
    Educr é um ato de heroismo e criatividade além de muito amor e disciplina.

    ResponderExcluir
  4. Rô,

    Essas pulseiras são, de fato, perigosas. Elas não surgiram com o intuito que se chegou a ter. Mas, agora, elas são direcionadas a transmitir mensagens chamativas ao sexo entre pré-adolescentes e adolescentes.

    De fato, os pais precisam ficar alertas.

    Rô, beijão e uma ótima quinta-feira.

    P.S: Tem post novo no meu blog.

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails