segunda-feira, 10 de agosto de 2009

- Blogagem Coletiva e agradecimento -



Dançando com papai
Comemoração Marcante


Lembrar exatamente o dia não consigo, pois faz muito tempo. Festa de casamento de um primo meu, filho da irmã de minha mãe. Sabe daquelas festas pra ficar na história?
Mas o que realmente ficou marcante em minha vida foi a seleção de música que dancei com meu pai.
Eu, ainda jovem, mas já mãe dos meus três filhos.
Meu pai um gatão de 1,98 cm, super bem vestido em seu terno azul-marinho, cabelos pretos e elegantérrimo, e muito atraente. Papai era homem lindo, educadíssimo e muito meigo.
Minha mãe não sabia dançar o rítimo Gafieira, mas papai me ensinou a dançar quando ainda eu era adolescente e nunca mais me esqueci do ritimo marcante e caliente.
Lembro-me que quando a banda começou a tocar ele levantou da mesa onde estava, a mesa dos padrinho, e partiu rumo a minha. E com todo aquele jeitinho tão meigo que tinha, colocou uma mão para traz do corpo e com a outra me convidou para dançar.
- A senhora me concede está dança?
Eu, estava com lindo vestido preto, tomara que caia, acinturadíssimo e do quadril para baixo descia dois babados sobrepostos e o comprimento era até a altura dos joelhos. Levantei prontamente e lhe respondi:
- Claro senhor, é uma honra.
E saímos a bailar pelo salão. Dançar gafieira com papai era um sonho, apesar de sua altura, pois eu tenho 1,56 cm, me sentia como a flutuar. Dançar com ele, era como se eu estivesse sobre gelo a deslizar.
Lembro que as pessoas foram parando de dançar e ficaram a nossa volta só para apreciar pai e filha a dançar. Dançamos a seleção inteira e quando a música parou fomos aplaudimos.
Pai e filha, tímidos que só, agradecemos com reverência e com um delicioso e apaixonante beijo em rosto papai me conduziu à minha mesa.
Essa foi uma das celebrações mais marcantes de minha. Papai sempre presente em minha. Hoje me lembro com carinho desse pai que eu amo muito e com certeza, esteja onde estiver, sempre está e estará ao meu lado.







Este post faz parte da blogagem coletiva proposta por " Olavo do Blog Traços de um homem"









Agradecendo o Selinho premio




Esse lindo Selinho ganhei da sempre amiga Mylla Galvão do Ideias de Milene.
Muito obrigada minha linda.
Esse selinho é para ser repassado a dez blogs, mas como eu penso que todos temos um coração de outro repasso a todos os blogueiros que frequentam minha casa.

Desculpa por fugir a regra minha querida Mylla Galvão.





Que você tenha uma semana de paz, luz e amor que vem do Senhor!

Rosane!






5 comentários:

  1. Ai, que lindo! Fiquei emocionada ao ler esse texto, imagino como foi maravilhoso, Rô!! São essas lembranças que fazem nossa vida valer a pena, não é mesmo? Dá para imaginar as saudades que você sente desse pai, mas tenho certeza que ele olha com carinho por você e um dia vocês se reencontrarão!! Acredito mesmo nisso!!

    Mil beijos, querida, espero que esteja tudo bem! Tenha uma linda semana, com muita paz!!

    ResponderExcluir
  2. Linda, linda! Linda ! Fiquei imaginando cada detalhe, cheguei quase a escutar as músicas... é muito bom lembrar... ter o que lembrar ....
    bj bj bj

    ResponderExcluir
  3. Estou também participando desse momento.
    Venha me visitar..
    Passe pela Curiosa e pegue o lin para o blog um interação de amigos. Já está linkado.
    Com carinho
    Sandra

    ResponderExcluir
  4. Muito marcante imagino..e vc contou de uma maneira que fui conduzido a ver a cena..
    Parabens
    Obrigado por sua participação e desculpe a demora em passar por aqui...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Rô, vim retribuir a sua visita e seu comentário - não acredito que vc more no Jardim Leonor, eu tb moro lá! É muita coincidência!rs
    Vou te mandar uma mensagem, tá?

    Beijos

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails