quinta-feira, 26 de março de 2009

- ORIENTAÇÃO DA PRECE-



“É preciso que nos convençamos de que da oração depende todo o nosso bem. Da oração depende a nossa mudança de vida, o vencer das tentações; dela depende conseguirmos o amor de Deus, a perfeição, a perseverança e a salvação eterna” (Santo Afonso Maria de Ligório).


Nestes dias que estou fazendo meu tratamento o tempo está sendo meu melhor aliado. Não mais fico preocupada com as coisas da casa, cuido é claro mas não mais com aqulela compulsão que tinha.
Me dei o direito de pensar um pouco mais em mim, cuidar das coisas que engrandece minha alma e meu espírito, olhar mais para o meu irmão, olhar com mais carinho e dedicação para a minha família, estudar mais a minha fé. Não que eu antes da minha moléstia não fazia tudo isso, mas muitas vezes me sentia exausta do trabalho doméstico e adiava meus estudos para outra hora, para outro dia.
Hoje com tempo a meu favor e sabendo como lidar com ele, estou lendo mais, meditando mais, refletindo mais.
Deus realmente sabe o que faz e me deu está grande oportunidade de saber lidar com os reveses da minha vida.
Dizer que está sendo fácil, impossível, mas hoje vejo a minha vida de um outro prisma de uma outra maneira. Estou tendo tempo de me aprofundar na minha fé e descobrindo o grande AMOR DE DEUS.
Vocês poderiam estar perguntando fé se estuda, para descobrir o Amor de Deus se estuda?
É como amar alguém sem saber de sua vida, de suas origens, de seus projetos e caminhos. Dá para amar alguém sem saber nada de sua vida? Creio que não.
Então esse tempo que Deus me deu é para isso também.
E, uma das maneiras de se chegar a Deus é pela prece. Se você não ora ou não sabe orar, como é que Ele poderá saber de suas vontades do seu querer, afinal Ele mesmo nos deu o livre arbítrio.
Foi assim que eu descobri como orar, fazendo exercícios espirituais de Santo Inácio de Loyola e exercícios orantes.

A oração tem um poder divinal de nos conduzir ao Senhor.
Vou colocar aqui uma série de mensagens que estou lendo e descobrindo através do Livro Um Curso em Milagres, que já comentei a algum tempo.
Sei que é longo, mas se está sendo bom para mim com certeza será bom para muitos que como eu passam por provações tão gratificantes.





Orientação da prece.

A prece é desejo. Um coração que não conhece nenhum tipo de desejo limpou o Altar da mente e deseja que não haja ídolos diante de Deus.
Não ter desejos é Completeza, e Deus criou o Cristo Íntegro e Completo. Não ter desejo significa que não há nada para adicionar ou desejar ou querer além da Perfeição que Deus Dá Eternamente. Desejo único ou unificado é a Criação, e este é o significado do “Deixe os teus olhos serem Um.”
Cristo Deu a “A Canção da Prece” como Orientação direta sobre o assunto da prece. Incluirei algumas passagens a seguir para que você refletir, para que você possa pedir ao Espírito Santo interior por esclarecimentos e iluminação adicional:



PRECE


A Prece é a maior dádiva com a qual Deus abençoou Seu Filho na sua criação. Já era então o que deve vir a ser; a única voz que o Criador e a criação compartilham; a canção que o Filho canta ao Pai, Que retorna os agradecimentos que ela Lhe oferece ao Filho. Infinita é a harmonia, e infinita também, é o alegre acordo do Amor que Eles dão Um ao Outro para sempre. E assim, a criação é estendida. Deus agradece à Sua extensão em Seu Filho. Seu Filho agradece pela sua criação, na canção em que ele cria em Nome do Pai. O Amor que Eles compartilham é tudo que toda a prece será por toda a eternidade, quando o tempo tiver terminado. Pois assim era antes que o tempo parecesse existir.
Para você que está no tempo por pouco tempo, a prece toma a forma que mais se adapta à tua necessidade. Você só tem uma. O que Deus criou uno deve reconhecer sua unicidade e regozijar-se que o que as ilusões pareciam separar é uno para sempre na Mente de Deus. A prece agora tem que ser o meio pelo qual o Filho de Deus abandona as metas separadas e os interesses separados e se volta em contentamento santo para a verdade da união em seu Pai e nele mesmo.
Abandone teus sonhos, Filho santo de Deus, e elevando-se como Deus te criou, dispensa os ídolos e lembre-se Dele. A prece irá te sustentar agora, e te abençoar conforme você eleva o teu coração para Ele em canção ascendente que tem um alcance cada vez mais elevado, até que ambos - alto e baixo tenham desaparecido. A fé na tua meta crescerá e te manterá no alto conforme você sobe a escadaria cintilante até o gramado do Céu e o portão da paz. Pois isto é a prece, e aqui está a salvação. Este é o caminho. É a dádiva de Deus para você.
A Verdadeira Prece


A prece é um caminho oferecido pelo Espírito Santo para alcançar a Deus. Não é meramente uma pergunta ou uma súplica. Ela não pode ter êxito até que você reconheça que ela não pede nada. De que outra maneira ela poderia servir ao próprio propósito dela? É impossível orar por ídolos e esperar alcançar a Deus. A verdadeira prece deve evitar a armadilha das súplicas. Pede, em vez disso, para receber o que já foi dado; para aceitar o que já está aí.

Foi dito a você que peça ao Espírito Santo pela resposta de qualquer problema específico, e que você receberá uma resposta específica se for esta a tua necessidade. Também foi dito a você que existe apenas um problema e uma resposta. Na prece isto não é contraditório. Existem decisões a serem tomadas aqui, e devem ser tomadas sejam elas ilusões ou não. Não pode ser pedido a você que aceite repostas que estão além do nível da necessidade que você pode reconhecer. Portanto, não é a forma da pergunta que importa, nem como é feita. A forma da resposta se for dada por Deus, adequará a tua necessidade como você a vê. Isto é simplesmente um eco da resposta da Sua Voz. O som real sempre é uma canção de agradecimento e Amor.

Então, você não pode pedir o eco. É a canção que é a dádiva. Junto com ela vêm os tons maiores, as harmonias, os ecos, mas tudo isso é secundário. Na verdadeira prece você ouve só uma canção. Todo o resto é meramente acrescentado. Você buscou primeiro o Reino do Céu e tudo mais, realmente, te foi dado.

O segredo da verdadeira prece é esquecer as coisas que você pensa que precisa. Pedir coisas específicas é a mesma coisa que olhar para o pecado, e depois perdoá-lo. Também da mesma maneira, em prece você passa por cima das tuas necessidades específicas conforme as vê, e deixa-as nas mãos de Deus. Lá elas se tornam tuas dádivas a Ele, pois elas dizem a Ele que você não tem outros deuses diante Dele; nenhum Amor senão o Dele. Qual poderia ser a Sua resposta senão a tua lembrança Dele? Isto pode ser trocado por um pouco de conselho frívolo sobre um problema que dura um instante? Deus responde somente para a eternidade. Mas ainda assim todas as pequenas respostas estão contidas nisso.

A prece é uma renúncia; um ‘deixa pra lá’, um tempo em quietude para ouvir e amar. Não deveria ser confundida com súplicas de qualquer tipo, porque é uma maneira de lembrar da tua santidade. Porque a tua santidade deveria suplicar, tendo direito pleno a tudo que o Amor tem para oferecer? E é em direção do Amor que você vai na prece. A prece é um oferecimento, é desistir de você mesmo para ser uno com o Amor. Não há nada a pedir porque não resta nada para querer. Esse nada se torna o altar de Deus. E o nada desaparece com Ele.

Este não é um nível de prece que todos já conseguem alcançar. Aqueles que ainda não alçaram ainda precisam da tua ajuda em prece porque, pois o pedido deles ainda não é baseado na aceitação. A ajuda na prece não significa que um outro é mediador entre você e Deus. Mas significa que um outro está ao teu lado e ajuda te elevar até Ele. Aquele que reconheceu a bondade de Deus ora sem medo. E aquele que ora sem medo não pode deixar de alcançá-Lo. Portanto, Ele também pode alcançar o Seu Filho, onde quer que ele esteja e qualquer forma que ele possa tomar.

Orar para o Cristo em qualquer pessoa é a verdadeira prece porque é uma dádiva de agradecimento ao Seu Pai. Pedir que Cristo seja somente Ele Mesmo não é uma súplica. É uma canção para dar graças pelo que você é. Aqui está o poder da prece. Ela não pede nada e recebe tudo. Esta prece pode ser compartilhada porque ela recebe por todos. Orar com alguém que sabe que isto é verdadeiro é ser respondido. Talvez a forma específica da solução para um problema específico ocorrerá para um dos dois; não importa qual. Talvez a solução chegue para ambos, se vocês estiverem verdadeiramente sintonizados um ao outro. A solução virá porque reconheceram que o Cristo está em ambos. Está é a única verdade da prece. (continua...)
fonte aqui




“Quem põe a mão no arado e olha para trás não é apto para o Reino de Deus” (Lc 9,62). ”Nós recebemos a graça de Deus em vão quando a recebemos à porta do coração sem lhe permitir a entrada. Recebemo-la sem a recebermos; recebemo-la sem fruto, pois de nada serve sentir a inspiração se não se consente nela (…). Sucede por vezes que inspirados a fazer muito não aceitamos toda a inspiração, mas apenas algo, como aqueles personagens do Evangelho que, aconselhados pelo Senhor a que O seguissem, um pediu-Lhe autorização para enterrar o pai, e o outro para se despedir dos parentes” (São Francisco de Sales - Tratado do amor de Deus, liv. 2, cap. 11).
Luz e paz a todos!
Rosane!

3 comentários:

  1. Oi Rô :D!

    Como estás, querida?

    Pelo que vejo, estás melhor: o teu espírito está em harmonia com Deus, o que é maravilhoso :D!
    Há muitas maneiras de atingir o estado Zen, e acho que encontraste uma boa maneira de o atingir: a oração!

    Minha linda, incluo-te nas minhas orações; que Deus te guarde!

    Beijos e vai dando notícias

    ResponderExcluir
  2. Que bom, Rô! Bom saber que vc está bem, atravessando essa fase com serenidade, vendo a vida de outra forma, utilizando esse tempo difícil para aprender. Eu sabia que seria assim, pois isso faz parte de vc. Sabe, vc falou uma coisa interessante: "provações gratificantes". É interessante pensar dessa forma e ver que toda provação serve, na verdade, como meio de nos encontrarmos, de encontrarmos com Deus, de nos melhorarmos. Quando encaramos as coisas assim, acaba mesmo sendo gratificante. E quando tudo acaba e olhamos para trás vemos que tinha de ser daquela forma mesmo e acabamos agradecendo a Deus por tudo aquilo.

    Muita paz para vc, querida, muita saúde e tudo de bom! E continue assim! Mil beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Irmã, QUERIDA !
    Feliz por saber que está tendo compreensao deste momento ele é todo seu, busque relaxar e não se preocupar,faça o que tiver vontade e o que sentir possivel,Deus está lhe dando este tempo para que faça as suas escolhas, sem ter que ...
    mas entenda que este momento é para que.... voce tenha o seu verdadeiro encontro de si mesma.
    Deixa a vida te levar...Deus é contigo!

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails