segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

A corrente do teu amor




A corrente do teu amor


Permite que de mim reste apenas aquele pouco,
pelo qual eu possa chamar-Te o meu tudo.
Permite que da minha vontade reste apenas aquele pouco,
pelo qual eu possa sentir-Te em todo o lugar,
chegar a Ti em cada coisa,
e em cada momento oferecer-Te o meu amor.
Permite que de mim reste apenas aquele pouco,
pelo qual eu jamais possa Te esconder.
Permite que das minhas correntes reste apenas aquele pouco,
pelo qual eu fique ligado à Tua vontade,
aquele pouco pelo qual
o Teu projecto se realiza na minha vida:
a corrente do Teu amor.







Bom dia a todos(as)!

Rosane!







Um comentário:

  1. Oi querida Ro, vim aqui lhe desejar um Ano Novo cheio de açucar como voce.
    Bj

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails