segunda-feira, 3 de maio de 2010

" - MATERNIDADE DOCE OU AMARGA - POR VERA GHIMEL - "

imagem aqui

MATERNIDADE DOCE E AMARGA

por Vera Ghimel - veraghimel@oi.com.br e veraghimmel@yahoo.com.br


Nada melhor do que falar sobre o assunto no mês em que comemora-se o Dia das Mães. Vemos nos meios de comunicações mães sorridentes, emocionadas, realizadas etc. Ninguém lembra daquelas que são surpreendidas por filhos que são verdadeiros obsessores em suas vidas. Sim, existem e já atendi muitas delas. O fato é que nenhuma delas se prepara para isso. Quando uma mãe começa a se dar conta que aquela criança desejada e cuidada com tanto carinho, de uma hora para outra, torna-se um implacável inimigo, sem motivo nenhum...

Não estou me referindo às crianças maltratadas pela família que quando crescem resolvem se vingar, mas sim de espíritos vingativos de outras vidas que estão tendo a oportunidade de solucionar suas pendências, às vezes, com as próprias pessoas envolvidas na situação.

Ouço as queixas de muitas mães que deixam para trás suas vidas pessoais, seu trabalho, sua profissão, seu estudo e até mesmo o seu casamento para se dedicarem aquele filho e percebem que nada adianta, nem atenção, nem amor, pois ele ou ela parece não se sensibilizar com tamanha dedicação e abnegação.

Mas é bom lembrar que nem sempre as crianças nascidas na década de 70 para cá são índigo ou cristal. Também existem aqueles espíritos, aos quais são dadas as últimas oportunidades de melhorarem o seu currículo espiritual e essas mesmas mães se comprometem a recebê-los, para que haja uma chance de se recuperarem.

É dessas mães que eu falo e me solidarizo. É a mãe que possivelmente não será lembrada, e muito menos receberá um carinho, uma flor, um obrigado. É dessa mulher maravilhosa que abriu mão de viver uma experiência natural para entrar num pesadelo que muitas vezes deixa marcas de tristeza e sofrimento e muita, mas muita decepção. Conheço algumas que até sofreram maus tratos físicos desses filhos.

Que essa mulher possa ter as bênçãos divinas de sua missão tão corajosa que é receber um espírito muito atrasado que está tendo a suprema atitude de amor dessa mulher que escolheu ser mãe sem nenhuma alegria, reconhecimento ou amor.

Felicidades a todas vocês! Eu as parabenizo pelo amor incondicional! 





Uma boa reflexão para esse mês considerado às mães.
Beijos de boa e linda semana para você!
Rosane!

Um comentário:

  1. Voinha linda da minha vida!!
    Parabéns pelo texto, parabéns pela sua vida, parabéns por nos dar amor diariamente...
    Saudade da senhora e muito feliz em chegar aqui e ver essa maravilha de texto voltado para as mamães!!
    Tenho a felicidade de ter uma mãe exemplar, maravilhosa, perfeita!! Amo demais a mamãe e amo demais a senhora que é minha vovó linda e minha segunda mãe!!

    Beijos e boa semana...

    ResponderExcluir

"Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não podemos modificar,
Coragem para modificar aquelas que podemos,
E sabedoria para distinguir umas das outras".

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails